Rio Bonito e Tanguá pretendem realizar ações em conjunto para o desenvolvimento das cidades

Rio Bonito e Tanguá

Representantes da Prefeitura de Rio Bonito e Tanguá se reuniram para tratar de assuntos relacionados a cultura e turismo no eixo entre os dois municípios com o objetivo de estreitar os laços e promover o desenvolvimento regional.

Durante o encontro realizado nesta segunda-feira (11) num hotel da cidade, foram discutidas questões comuns entre as cidades, principalmente na área do turismo relacionada ao patrimônio natural de ambos, como é o caso da cachoeira de Tomascar. Placas de sinalização turística, projetos de resgate das linhas férreas para a prática do turismo também estiveram na pauta.

Representaram o município de Rio Bonito o vice-prefeito José Américo, o secretário de Cultura e Turismo Janderson Muniz, o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Teilor Cerqueira, e o secretário de Segurança e Ordem Pública Rafael Sodré. O município de Tanguá foi representado pelo secretário de Cultura e Turismo, Reginaldo Serrano, a subsecretária de Cultura e Turismo, Laila Karoline, a Diretora de Cultura e Turismo, Silvia Plá, além da Diretora de Turismo, Elaine Biral.

 

 

 

 

Tanguá e Rio Bonito vão bloquear os acessos à cachoeira de Tomascar

Em ação conjunta, as prefeituras de Tanguá e Rio Bonito vão bloquear, neste sábado (27/03), os acessos à Cachoeira de Tomascar, ponto turístico de grande movimentação e que está localizado na divisa dos dois municípios.

A iniciativa visa impedir a entrada de turistas no local em respeito ao decreto estabelecido nas duas cidades, como medida de contenção ao avanço do coronavírus na região.

A prefeitura de Tanguá irá instalar placas de sinalização em diversos pontos informando a interdição da cachoeira, além de destacar equipes da Guarda Municipal, em parceria com outras secretarias municipais, para realizar a fiscalização dos acessos.

Como medida de prevenção, a prefeitura de Rio Bonito também atuará na fiscalização de bares e restaurantes da região, cujos acessos ao local através do município estarão bloqueados até o fim do prazo determinado no decreto.

Em Tanguá, o novo decreto assinado pelo prefeito Rodrigo Medeiros entrará em vigor neste sábado. A decisão visa respeitar a recomendação do Ministério Público, que orientou os municípios a elaborarem ações para frear o avanço do coronavírus na região.

Até a divulgação do último balanço realizado pela secretaria de Saúde do município, no mês de março foram registrados 116 novos casos de Covid-19, com 6 óbitos confirmados. Outros 3 seguem sob investigação.

Tanguá adota novas medidas de restrição contra o avanço da Covid-19

O prefeito de Tanguá, Rodrigo Medeiros, assinou,  nesta quinta-feira (25), o decreto que autoriza a suspensão de atividades consideradas não essenciais no município pelo período de 10 dias.

De acordo com o decreto que entrará em vigor nesta sexta-feira, será vetada a abertura do comércio local, além de outros estabelecimentos como bares, academias e casas de shows. O funcionamento de supermercados, farmácias e serviços bancários será mantido. Além disso, foram adotadas medidas para promover o isolamento social e impedir aglomerações serão adotadas.

Para Rodrigo, a estratégia adotada poderá auxiliar no combate à Covid-19 no município.

“Estivemos reunidos com diversos profissionais de saúde nos últimos dias, sempre buscando pensar na melhor forma de execução de uma ação eficaz. Essa não é uma decisão fácil, mas vamos enfrentar esse momento difícil juntos, na certeza de que estamos preservando vidas”, disse o prefeito.

A decisão visa respeitar a recomendação do Ministério Público, que orientou os municípios a elaborarem ações de contenção para frear o avanço do coronavírus na região.

Até a divulgação do último balanço realizado pela secretaria municipal de Saúde, no mês de março foram registrados 116 novos casos de Covid-19 no município, com 6 óbitos confirmados. Outros 3 seguem sob investigação.

Decreto nº 0031-2021 Adoção medidas Covid (1)

Prefeitura, Câmara e sociedade debatem quadro da Covid-19 no município

Diante do novo quadro epidemiológico do município de Tanguá, representantes da prefeitura, da câmara de vereadores e da sociedade se reuniram, nesta terça-feira (23), para traçar estratégias de enfrentamento à Covid-19. O encontro acontece após recomendação do MP-RJ para que o município decrete mais medidas restritivas.

Durante os debates, cada um dos presentes apresentou suas colocações e opiniões, sendo quase consenso a necessidade de medidas mais enérgicas para conter a pandemia. Além disso, foi abordada também a necessidade orientar e conscientizar os comerciantes e a população sobre o uso das máscaras, do álcool em gel e de evitar aglomerações.

Presente no evento, o secretário municipal de Saúde apresentou um balanço dos números de infecção da Covid na cidade, o quadro de vacinação e também sua preocupação com a politização das medidas de restrição.

“Inicialmente a população teve medo e, por isso, se precaveu mais. Agora é um outro momento, o que tem gerado mais descuido. Nós criamos um comitê científico e um comitê de crise para orientar nossas ações”, disse o secretário Rodrigo.

Ainda segundo o secretário de Saúde, nos últimos dias tem se observado menos casos com relação aos idosos. Isso, segundo ele, ocorre porque estes já estão sendo imunizados mas também porque os jovens são os que menos têm tomado as medidas de precaução.

Entre as sugestões que foram feitas ao Executivo estão a ampliação da divulgação por carro de som e redes sociais, limitação de atendimento nos estabelecimentos privados da cidade, bem como, a fiscalização dos pontos críticos. Ao final, as recomendações serão apresentadas ao prefeito da cidade, Rodrigo Medeiros.

O encontro foi motivado pelo vereador Adalton Panda, ocasião em que estiveram presentes também os vereadores Serginho do Pinhão, Alfredo da Clínica, Márcia Matos, Aline Pereira, Waldemir Gomes, Gilmar da Van, Derlan Rodrigues, Delson Franco, além do Comandante da Guarda, Wesley Santos, Paulo Miranda, da Defesa Civil, a professora Joselina de Souza e o presidente da CDL, Felipe Flores.

Durante o encontro, o presidente da Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL), Felipe Flores, alertou para a sua preocupação com relação ao fechamento dos comércios, mas afirmou que compreende e acatará as melhores medidas adotadas de forma técnica para a cidade.

“Me coloco a disposição para ajudar no que for necessário, inclusive, emprestando o trio elétrico da empresa para divulgação, caso a prefeitura precise. O momento é novo e temos que pensar em soluções efetivas para o futuro”, disse Felipe.

Números – Até o dia 23 de março deste ano, foram confirmados 2.069 casos em todo município desde que os números passaram a ser contabilizados no início da pandemia. Desses, 73 ainda cumprem isolamento domiciliar.

Já em relação à campanha de vacinação, um total de 1826 receberam a primeira dose em Tanguá. Desse total, 682 receberam a segunda dose.

 

Tanguá: Prefeitura define novas regras para tráfego de veículos pesados no Centro

O prefeito Rodrigo Medeiros assinou, nesta sexta-feira (23/03), o decreto que impõe novas regras para o tráfego de veículos pesados e operações de carga e descarga na região central do município.

Com as novas medidas, fica determinada a livre circulação de carga e descarga nas ruas Antônio Teixeira de Macedo, Ver. Manoel Macedo, Manoel João Gonçalves, David Beloniel, Valdomiro Rosa, Augusto da Rocha, Dezenove de Novembro e também no interior do viaduto, para veículos de até5 toneladas, que não excedam o comprimento de 6,50 metros;

Para veículos acima de 5 toneladas ou com mais de 6,50 metros, fica proibida a circulação e operação de carga e descarga nessas vias de segunda à sexta, de 07h às 20h, e aos sábados, entre 07h e 15h;

Fica proibida também a circulação de carretas e caminhões-trator (cavalos mecânicos) nas vias em qualquer horário.