Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres comemora 213 anos com exposição e várias atividades gratuitas

às
FOTO PARA SITE MODELO

Com o objetivo de celebrar os 213 anos de existência, a Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres contará com uma vasta programação recheada de atividades gratuitas durante o mês de setembro. A principal delas é a exposição “Acervo da CCHAT em Destaque”, que conta com vários itens do acervo patrimonial do espaço em homenagem à família da antropóloga Heloísa Alberto Torres. A mostra é gratuita e ficará em exposição até o fim de setembro.

Realizada na última semana, a abertura da exposição contou com a apresentação da esquete teatral “Café com Getúlio”, realizada pelo grupo de teatro Laranjada Teatral, formado por alunos da Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres. Junto da exposição, a Casa recebeu a visita de uma equipe do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) para entrega de cerca de 300 itens do acervo patrimonial.

O gestor da Casa e subsecretário municipal de Cultura, Alan Mota, valorizou a importância da Casa de Cultura para os fazedores de cultura do município de Itaboraí.

“A Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres é de fundamental importância para o município e para os fazedores de cultura da nossa cidade. Além de um vasto acervo patrimonial, o espaço também conta com exposições e atividades durante todo o ano, com o objetivo de valorizar os artistas da cidade. E ainda buscamos também gerar oportunidades por meio de cursos gratuitos de arte e teatro. Gerir a Casa de Cultura é uma honra pra mim e vamos em frente, porque a cultura não pode parar”, disse o gestor.

A programação de aniversário da Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres conta também com uma palestra, no dia 19 de setembro, às 16h, sobre Heloísa Alberto Torres com a professora Michele de Barcelos Agostinho, do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Já no dia 20 de setembro, às 16h, será realizada uma palestra sobre Marieta Alberto Torres, com a participação do pesquisador Dawson Nascimento da Silva, do Instituto Histórico e Geográfico Itaborahyense.

Seguindo a programação de aniversário, será realizada uma palestra no dia 21 de setembro, às 16h, sobre Alberto Torres, com a presença do professor Rui Aniceto Nascimento Fernandes, da Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FFP/UERJ). No dia 23 de setembro, às 18h, será a vez dos alunos do projeto Educasom se apresentaram em celebração aos seis anos de existência do projeto. Criado em 2017, a iniciativa oferece aulas gratuitas de música para moradores de Itaboraí.

No dia 27 de setembro, uma equipe da CCHAT vai realizar uma visita técnica ao Museu de Astronomia (MAST) para verificar o acervo documental. Já no dia 28 de setembro, serão exibidos os documentários “Heloísa Alberto Torres: pioneira das ciências sociais brasileiras”; “A Voz que Clama no Deserto” – auto de São João; “A Última Folia” – sobre Folia de Reis e “Oleiros de Itaboraí: Identidade, Arte, Pão e Barro” no canal do Youtube da CCHAT.

Fechando a programação de aniversário, será realizado no dia 30 de setembro, a partir das 17h, o Sarau (Uni)versos Livres nos Jardins de Heloísa, organizado por Pedro Garrido e com microfone aberto para poetas e escritores da cidade.

A Casa

A Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres está sob gestão do município de Itaboraí desde 1990. Além do sobrado histórico, construído há 213 anos, adquirido em 1963, reformado e doado ao IPHAN pela antropóloga Heloísa Alberto Torres, a Casa contém importante acervo museológico, documental e bibliográfico.

A Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres está localizada na Praça Marechal Floriano Peixoto, 303, Centro Histórico de Itaboraí.

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias