Com fim da vistoria veicular anual, Detran reduz horário de atendimento

às

Com o fim da vistoria veicular anual obrigatória no Estado do Rio (mantida apenas para casos específicos), o Detran-RJ vai reduzir o horário de funcionamento em suas unidades a partir de segunda-feira, dia 21. Agora, o expediente passará a ser das 8h às 17h. Nos postos em que havia atendimento noturno, o horário se estendia até as 22h.

No período das 8h e 17h, informou o Detran-RJ, serão atendidos os cidadãos com horários agendados ou que procuram serviços que não dependem de marcação prévia. No caso de o processo ter caído em exigência — o que requer o retorno à unidade para cumprir a pendência —, o atendimento será feito somente até as 16h30.

Postos já não abrirão neste sábado

Além disso, 19 postos de vistoria do estado já não abrirão neste sábado, dia 19. As exceções ficarão por conta das unidades localizadas em shopping centers. Nestes casos, o horário de funcionamento será fixado de acordo com o centro comercial.

Ainda de acordo com o Detran-RJ, a redução do horário não deverá prejudicar o atendimento do órgão, uma vez que o licenciamento anual, na maioria dos casos, será feito apenas com a emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), o que reduzirá o tempo de permanência dos motoristas nas unidades.

O órgão acrescentou que, este ano, há 170 unidades de atendimento instaladas em 92 municípios fluminenses. Antes, eram 51 postos.

Casos em que ainda será exigida a vistoria

O licenciamento anual dos veículos de carga, de transporte escolar, de transporte coletivo de passageiros e rodoviários de passageiros (vans, ônibus e micro-ônibus) continuará a exigir a vistoria veicular. A checagem será realizada em postos do Detran-RJ.

Fonte: Jornal Extra

Veja também

Cantor L7nnon é a atração principal deste domingo (19/05) da festa que acontece na Avenida Benvindo Taques Horta, na orla de Itaipuaçu
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias