Guarda-chuvas voltam a decorar a Travessa Espírito Santo, em Itaboraí

às

Após período de manutenção, os guarda-chuvas da Travessa Espírito Santo, na Praça Marechal Floriano Peixoto, no Centro, voltaram a fazer parte da decoração da rua conhecida como ‘beco’. Desta vez, a nova estrutura conta com 120 guarda-chuvas coloridos, 50 a mais do que antes, cobrindo toda a extensão da rua.

A atração, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com comerciantes e empresários locais, foi inaugurada em fevereiro deste ano. E por conta do grande sucesso entre os moradores da cidade e de outros municípios, foi ampliado o número de guarda-chuvas e sua extensão. Ao todo, agora, totalizam 46 metros de extensão.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Roberto Costa, os guarda-chuvas tiveram que ser retirados para a manutenção, por conta do período de exposição em que ficaram ao tempo.

“Neste período de manutenção, recebemos muitos pedidos para que voltasse a instalação dos guarda-chuvas. Temos a convicção que o local virou referência cultural e de lazer no município. Além de formar um ambiente bonito, ainda traz segurança para as pessoas que passam pela travessa, visto o quanto está iluminada”, disse o secretário.

Cada guarda-chuva tem um metro quadrado (1m²) e é confeccionado com madeira, alumínio, fibra de carbono e tecido de poliéster com proteção UV. A estrutura é de ferro galvanizado e possui 60 pontos de iluminação.

História – Em 1944, a Travessa Espírito Santo foi a primeira rua calçada do município. Em 1986, o local foi transformado em uma área de lazer para a população.

 

Crédito: Secom Itaboraí

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias