Guarda Marítima Ambiental de Búzios encontra uma Caravela na Praia dos Ossos

às

A Guarda Marítima Ambiental de Búzios encontrou uma Caravela (Physalia physalis) na Praia dos Ossos na manhã de quarta-feira (11), na altura do Iate Clube. As Caravelas pertencem ao mesmo grupo das águas-vivas, os cnidários, porém possuem uma bolsa púrpura ou avermelhada que flutua por cima da linha d’água e que pode ser vista mais facilmente. Apesar da beleza, deve-se evitar o contato, pois os tentáculos que chegam a medir até três metros, podem causar ferimentos graves.

De acordo com a Guarda Marítima Ambiental, o Inea e o CTA já foram comunicados. É importante que a população informe imediatamente a Secretaria de Meio Ambiente caso a espécie seja avistada. A GMA recolhe o animal vivo e entrega ao CTA. O aparecimento das Caravelas é mais comum no verão, mas de acordo com os guardas marítimos ambientais uma colônia desses animais chegou ao litoral de Búzios trazida pelas correntes marinhas. O telefone para contato é o (22) 2623-0196.

Em caso de acidentes é necessário sair imediatamente da água para não haver mais contato com o animal. A sensação de ardência costuma ser imediata. Em caso de febre, enjoo, tontura, dor de cabeça, vômito e arritmia cardíaca procure um médico, pois estes sintomas podem indicar que o acidente foi mais grave.

Caso uma água viva entre em contato, a orientação é que não tente tirar os tentáculos da pele. Segundo a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, a orientação é lavar a área afetada com bastante água, mas com água salgada. Não usar água potável ou mineral, pois pode aumentar a dor. Usar vinagre para a limpeza do ferimento ajuda a neutralizar a ação do veneno.

Não lave com urina, pasta de dente, pomada ou qualquer outro produto. A urina pode infeccionar a região afetada, e os demais produtos tendem mais a prejudicar do que aliviar. Outra dica é não tentar retirar os tentáculos usando uma toalha ou pano. Esfregar a pele pode liberar ainda mais veneno dos tentáculos. Retire os tentáculos usando água salgada e com a ajuda de uma pinça ou usando luvas. Em seguida, lave o local novamente.

 

Fonte: atribunarj.com.br

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias