Guarda Municipal de Niterói prende acusado de roubo a bancas de jornais; Veja o vídeo

às

Integrantes da Coordenadoria de Ações Táticas (CAT) da Guarda Municipal de Niterói prenderam um homem, que era procurado pela polícia por ser o suspeito pelo arrombamento e roubo a várias bancas de jornais na cidade. Policiais da 77ª DP (Icaraí) e 76ª DP (Centro) já haviam recebido denúncias feitas pelos donos dos estabelecimentos e estavam investigando os roubos.

Os proprietários das bancas tinham disponibilizado para os investigadores imagens da ação do suspeito, que chegava a utilizar um pé de cabra para arrombar os locais e roubá-los. Segundo a Guarda Municipal, os agentes já haviam sido alertados e tinham uma descrição do acusado.

A prisão aconteceu durante patrulhamento de rotina na Rua Heitor Carrilho, no Centro, no fim da noite da última sexta-feira (24). A equipe do CAT estava realizando uma abordagem de rotina quando identificou o suspeito, que tinha acabado de furtar uma banca de jornais no bairro de Santa Rosa. Ele estava de posse de diversos objetos e não soube informar a procedência. Ele foi encaminhado para a 76ª DP e, posteriormente, conduzido para a 77ª DP, onde havia vários registros de furto a banca de jornais.

“Durante o patrulhamento de rotina, nossas equipes sempre fazem abordagens diferenciadas quando notam algo suspeito. Os agentes desconfiaram do homem e da mercadoria que estava em sua posse. Na delegacia constatamos a participação dele no roubo e a polícia vai continuar investigando, inclusive sobre a possibilidade dele ter agido com comparsas”, explicou o inspetor Paulo Brito, coordenador da Guarda Municipal.

 

Crédito: O São Gonçalo

Veja também

A futura horta comunitária é fruto do trabalho dos Jovens Agricultores Orgânicos e dos Paisagistas Mirins da Fundação Municipal Casimiro
às
Como parte da comemoração pelos 210 anos do município de Maricá, a Esquadrilha Céu fará acrobacias e desenhos com fumaça
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias