Internautas criticam poda de árvores realizada pela Prefeitura no Centro da cidade

às

“Poda criminosa”, “absurdo”, “lamentável”, “estupidez”. Essas foram algumas reações dos internautas após a poda realizada pela Prefeitura de Rio Bonito, no último fim de semana, na Avenida Presidente Castelo Branco, a popular rua dos bancos. A ação foi realizada ontem por equipes das secretarias de Obras e Meio Ambiente. Vale ressaltar que há exatamente um mês uma árvore caiu no local e quase atingiu um veículo.

“Poda criminosa! Fora do tempo, radical. Totalmente desnecessário. Poderiam aguardar maio e fazer uma poda menos radical em todas as árvores. Mais tratamento fitossanitário, como retirada de parasitas como erva passarinho e barba de velho. Além de tratamento das plantas identificando outras doenças que as enfraquecem”, postou Guto Prevot. Já Rodrigo Motta escreveu: “Um absurdo, depois ficam perguntando por que está tão quente. Será por quê?”

Um internauta ponderou: “Então vocês sabem se essas árvores estão saudáveis, se tem algum risco delas caírem e ferir alguém? Acho que devemos procurar saber mais! Às vezes, a árvore pode está bonita por fora, mas podre por dentro”, argumentou Humberto Duarte. Saulo Santiago se posicionou: “Se tivesse risco de cair, não seria poda, arrancariam a árvore. Não tem fios na rua, as árvores ficam no canteiro central. É poda mesmo, que deveria ser feita no inverno e foi feita no auge do calor. Cortem mais árvores mesmo, tá pouco”, alfinetou.

Prefeitura explica medida

Procurada, a secretária de Meio Ambiente, Edna Martha, informou que a medida foi necessária devido aos riscos que o local apresentava. “Recentemente uma árvore tombou no local, após ventos fortes e chuvas intensas, muito comuns nesta época do ano. Como as árvores estão grandes e pesadas e apresentam muitas irregularidades a possibilidade de queda é maior. Em breve, a prefeitura iniciará um trabalho de recuperação dos canteiros do local, com alargamento do espaço para dar maior mobilidade à população”, explicou a secretária Edna Martha Marinho.

Foto: Ricardo Abrahão Flores

Veja também

Criminosos desviaram R$ 640 mil da conta das vítimas para laranjas. Quadrilha aplicou golpe do empréstimo consignado em pelo menos 17 pessoas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias