Polícia Civil e Ancine realizam operação contra sites ilegais de TV por assinatura

às

A Polícia Civil e a Agência Nacional do Cinema (Ancine) deflagraram, na manhã desta terça-feira (19), a nova fase da Operação 404 com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão contra a pirataria em serviços de TV por assinatura. De acordo com as investigações, o prejuízo estimado é superior a R$ 100 milhões. A ação foi coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), vinculada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Durante a ação foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão na capital do Rio de Janeiro; nos municípios de Duque de Caxias e de Magé, na Baixada Fluminense; e em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Duas pessoas foram conduzidas à Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio, para prestarem esclarecimentos.

Os agentes apreenderam aparelhos de telefone celular, computadores, notebooks, tablets, documentos e objetos que ajudarão a esclarecer e identificar a participação de todos os envolvidos na prática ilegal.

De acordo com as investigações, uma organização criminosa ramificada por diversos municípios do estado do Rio de Janeiro é responsável pela captação de clientes em sites da internet, em que mediante pagamento de mensalidade oferece serviço de acesso via “streaming” a diversos conteúdos de entretenimento sem a devida licença, violando os direitos autorais das empresas que os detêm.

Segundo os agentes, os sites que oferecem o serviço clandestino possuem mais de 46 milhões de acessos por ano e causam um prejuízo estimado superior a R$ 100 milhões.

“O conteúdo é furtado e distribuído ilegalmente, dependendo do tipo de operação, com cobranças de mensalidades ou gratuitamente nos sites com o financiamento feito através de publicidade. O crime principal é o de violação aos direitos autorais e os prejuízos são bilionários, da ordem de R$ 15 bilhões. Quem consome esses produtos alimenta o crime organizado e o mercado audiovisual perde empregos”, disse o coordenador de combate à pirataria da Ancine, Eduardo Carneiro, em entrevista ao ‘Bom Dia Rio’, da TV Globo.

 

 

 

Crédito: Jornal O Dia

 

Veja também

Maricá subiu nove posições no ranking que mede a qualidade das informações fiscais e contábeis enviadas ao Tesouro
às
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, inaugurou uma nova unidade da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), em Rio Bonito
às
A prefeitura de Rio Bonito inaugurou nessa terça-feira (18), os dois Laboratórios de Iniciação Científica “Intramuros”
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias