Radar Que Multa A 100 Metros De Distância Acabou De Chegar E Já Causa Dor De Cabeça

veículos e identificar diversas infrações a uma distância impressionante: até 100 metros de distância do veículo. 
às
radar
Foto: Divulgação

Um novo tipo de radar está dando o que falar nas ruas e estradas brasileiras. Conhecido como Doppler, esse equipamento é capaz de calcular a velocidade dos veículos e identificar diversas infrações a uma distância impressionante: até 100 metros de distância do veículo. 

Funcionando por meio de ondas eletromagnéticas contínuas, o radar emite sinais que, ao serem refletidos pelos veículos, sofrem alterações de frequência. Essa mudança é fundamental para calcular a velocidade, não deixando margem para escapar das multas por excesso de velocidade ou outras infrações. 

E as infrações detectadas não se limitam apenas ao excesso de velocidade. Esse radar também identifica quem está utilizando o celular ao volante, fazendo conversões proibidas, avançando sinais vermelhos, trafegando na contramão ou até mesmo parando sobre faixas de pedestres.

Uma das grandes vantagens desse tipo de radar em relação aos modelos convencionais é a sua instalação sem a necessidade de itens físicos no asfalto, o que significa menos obstrução das vias durante a implantação e manutenção.

Atualmente, esses equipamentos já estão em operação em 24 estados do Brasil, monitorando cerca de 1.700 faixas e com mais de 730 equipamentos em funcionamento. Na cidade de São Paulo, por exemplo, sete desses dispositivos já estão em ação, embora a instalação de novos tenha sido suspensa conforme decreto do Prefeito Ricardo Nunes.

Nas rodovias paulistas, os radares Doppler já estão presentes em seis delas, incluindo importantes vias como a Washington Luís (SP-310) e a Luiz de Queiroz (SP-304). Portanto, fica o alerta aos condutores: mesmo a uma distância considerável, esse radar não perdoa infrações.

Fonte: colunafinanceira.com

Veja também: Rio é destino mais buscado para feriado de Corpus Christi e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Deborah Vilas Boas Pires da Silva, de 27 anos, estava em um ponto de ônibus na manhã desta terça-feira (18), quando foi baleada.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias