Para amenizar calor, ruas no interior de SP são pintadas de azul

às

A prefeitura da cidade de Tietê, no interior do Estado de São Paulo, tomou uma decisão inusitada para amenizar o calor na região: pintar as ruas de azul. O objetivo é diminuir a absorção do calor pelo asfalto, que ocorre devido a cor escura. A medida também pode refletir na conta de luz dos moradores, já que, com a diminuição do calor, o uso de ventiladores e ar-condicionado também se reduz, economia que pode chegar a 10%.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente de Tietê, George Nicolosi, a cor azul reflete mais a luz e gera menos transtorno visual, motivo que levou a Prefeitura a escolher a cor para cobrir as ruas da cidade. “Embora o branco absorva mais, ele tem uma particularidade de gerar muita luminosidade e causa transtorno visual. Azul favorece conforto visual e térmico”, explica. “Você tem um ambiente com temperatura mais amena e vai demandar menos capacidade de resfriamento de um ar-condicionado, por exemplo, e vai consumir menos energia”, afirma o secretário.

As primeiras ruas a serem pintadas foram as que ficam próximas a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, mas a prefeitura pretende expandir a pintura para outras localidades. A medição de temperatura confirmou: no asfalto escuro, sem pintura azul, a temperatura chegou aos 54ºC. Já na parte com tinta azul, o termômetro registrou 47ºC.

Especialistas também confirmam a “tese”. Segundo o engenheiro agrônomo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), no Estado de São Paulo, cores mais claras, como o azul, aquecem menos o ambiente.“Quanto mais próximo do branco, menos aquecido o ambiente fica. Então, você tem essa relação de ganho de conforto técnico. É uma ideia interessante, usada em vários países da Europa, nos Estados Unidos, Japão”, explica. “Aqui no Brasil a gente consegue enxergar construções novas com telhados mais claros e com cores mais claras para conforto térmico e custo de energia mais baixo para resfriamento do imóvel”, finaliza o também professor de meteorologia.

Veja também

A futura horta comunitária é fruto do trabalho dos Jovens Agricultores Orgânicos e dos Paisagistas Mirins da Fundação Municipal Casimiro
às
Como parte da comemoração pelos 210 anos do município de Maricá, a Esquadrilha Céu fará acrobacias e desenhos com fumaça
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias