Polícia Civil e Militar fazem operação no Complexo do Alemão

A Polícia Militar e a Polícia Civil iniciaram nesta sexta-feira (26) uma grande operação conjunta no Complexo do Alemão
às
alemão
Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Militar e a Polícia Civil iniciaram nesta sexta-feira (26) uma grande operação conjunta no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A força-tarefa saiu para prender criminosos de outros estados que buscaram abrigo no conjunto de favelas, dominado pelo Comando Vermelho, a maior facção do tráfico do RJ.

As equipes foram recebidas a tiros, e disparos eram ouvidos em regiões vizinhas, como Bonsucesso e Penha. O Globocop também flagrou dezenas de barricadas em chamas nos acessos às comunidades e até nas vias principais do Alemão, como a Rua Canitar.

Até a última atualização desta reportagem, não havia informação de feridos, prisões ou apreensões.

São pelo menos 350 policiais envolvidos na operação. A PM mobilizou equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do Batalhão de Choque.

Pela Polícia Civil, participam delegacias especializadas, com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), a tropa de elite da instituição.

A força-tarefa conta com veículos blindados e helicópteros.

“A atuação em comunidades é parte das ações de combate à criminalidade e se trata de um trabalho fundamental, uma vez que a organização criminosa utiliza o Complexo do Alemão como bunker e ponto de partida para investidas em outros territórios, além de promover restrição de liberdade dos moradores e usar a população local como escudo”, declarou a Polícia Civil, em nota.

Impactos

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, na região do Complexo do Alemão, a Clínica da Família Rodrigo Y Aguilar Roig acionou o protocolo de acesso mais seguro e, para segurança de profissionais e usuários, suspendeu o funcionamento.

Já as clínicas da Família Aloysio Augusto Novis, na Penha, e Valter Felisbino de Souza, em Ramos, estavam aberta à população, mas as atividades externas, como as visitas domiciliares, foram suspensas.

O Rio Ônibus, sindicato que representa as viações que operam no município, informou que pelo menos 9 linhas tiveram de alterar o itinerário por causa dos confrontos.

A Secretaria Estadual de Educação disse que uma escola que fica dentro do Complexo do Alemão precisou ser fechada.

Fonte: g1.globo.com

Veja também: Incêndio mata 10 pessoas em pousada de Porto Alegre e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

Dois homens foram presos em flagrante na madrugada desta segunda-feira (17) por porte ilegal de armas, munições
às
Uma pré-candidata a vereadora de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e seu filho foram assassinados na noite deste sábado
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias