Vereador de São Gonçalo é morto a tiros na porta de casa

Aldecyr Maldonado (PL) foi baleado no fim da noite de terça-feira (7). Assessores afirmaram à PM que o político trocou tiros com assaltantes.
às
vereador
O vereador de São Gonçalo Cici Maldonado (PL) — Foto: Câmara de São Gonçalo

O vereador de São Gonçalo Aldecyr Maldonado (PL) morreu após ser baleado no fim da noite de terça-feira (7), na porta de casa. O parlamentar tinha 61 anos e era conhecido como Cici Maldonado.

A Prefeitura de São Gonçalo afirmou se tratar de uma tentativa de assalto. Já a Polícia Civil do RJ não descarta nenhuma hipótese. O g1 esteve no local do crime e contou pelo menos 5 câmeras que podem ter registrado o episódio. A PM reforçou o patrulhamento.

Vereador trocou tiros com assaltantes
Segundo a prévia de ocorrência da Polícia Militar, 2 assessores de Cici tinham acabado de deixar de carro o vereador em casa, na Rua Antenor Martins, no Porto da Madama, quando testemunharam um roubo a uma moto.

Ainda de acordo com o registro da PM, os auxiliares, assustados, largaram o automóvel e buscaram refúgio em uma residência. Cici ouviu gritos e foi até o portão da casa, com uma arma em punho, para ver o que estava acontecendo.

Os assaltantes viram Cici armado e passaram a atirar. O vereador revidou e, no tiroteio, acabou atingido na cabeça.

Cici chegou a ser socorrido e encaminhado para o Pronto-socorro de São Gonçalo, mas não resistiu.

Desavença com pré-candidato

Segundo testemunhas, na semana passada, Cici teve uma desavença com um pré-candidato a uma das vagas na Câmara de São Gonçalo, ligado a comunidades do Paraíso e Patronato.

Os dois teriam tido um desentendimento por conta da disputa por eleitores dessas regiões, redutos eleitorais de Cici. A eleição para vereador acontece no ano que vem.

Políticos de São Gonçalo ouvidos pela reportagem do g1 dizem que a casa do vereador fica na entrada de uma comunidade e acham pouco provável um assalto no local.

Família libera corpo no IML

Joel Gama, um dos genros do parlamentar, chegou no Instituto Médico-Legal (IML) de Tribobó, em São Gonçalo, para acompanhar a liberação no começo da manhã. Ao lado do irmão de Cici, que não quis falar, Gama afirmou que o vereador morreu após chegar de uma agenda pública.

“Um exemplo de pessoa para todos. Amava a todos e estava disponível para qualquer um. Sempre assíduo na sua profissão até nas folgas. Sempre atendia aos chamados da população. Como ama São Gonçalo, estava trabalhando em prol do município. Ontem, após uma agente aconteceu esse fato. Ele cumpriu a rotina e no final aconteceu essa notícia que nos pegou desprevenido”, afirmou Joel.

O genro pediu que o caso seja investigado com rigor. “Só tenho a dizer coisas boas (dele). No momento, estamos preocupados a liberar o corpo e agora estamos deixando nas mãos das autoridades para saber o que houve de fato. Só separamos o papel das autoridades”, disse Joel.

A Câmara de São Gonçalo publicou uma nota se solidarizando com familiares, amigos e eleitores de Cici Maldonado.

“Não temos mais palavras para expressar todos os nossos sentimentos, pedimos a Deus que conforte os corações dos familiares e amigos neste momento de dor”, diz o comunicado.

Já a Prefeitura de São Gonçalo lamentou a morte do vereador e prestou solidariedade à família e aos amigos.

Crédito: g1.globo.com

Veja também

Encerradas definitivamente, sistema de transferências via DOC, um dos mais tradicionais meios de pagamentos bancários por décadas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias