Dono de fortuna de US$ 500 milhões e que dorme no quarto que já foi da Madonna, é um cachorro

Gunther VI, um cachorro da raça pastora alemã, vai vender a mansão em que ele vive, na região de Miami, nos Estados Unidos. O imóvel já foi da cantora Madonna.

O bicho é o descendente de um outro cachorro, Gunther IV, que herdou uma fortuna de milhões de dólares de sua dona, a condessa Karlotta Liebenstein, quando ela morreu em 1993.

Liebenstein deixou seu dinheiro em um truste –um tipo de fundo de dinheiro que deve ser aplicado em benefício de um terceiro (no caso, o pastor alemão).

Uma das propriedades do bicho é a mansão na Flórida, que tem oito quartos, vista para a Baía de Biscayene.

Os responsáveis por Gunther compraram o imóvel da cantora Madonna há cerca de 20 anos, por US$ 7,5 milhões, e agora o colocaram no mercado por um preço mais de quatro vezes maior, em termos nominais: US$ 31,5 milhões.

O cachorro tem um chef só para ele. Eventualmente, o bicho come caviar. Ele viaja em aviões privados e recebe treinamento todos os dias.

“Ele mora no antigo quarto principal da Madonna”, disse o corretor de imóveis Ruthie Assouline.

“[O cachorro] literalmente dorme olhando uma vista magnífica em uma cama italiana feita sob encomenda no antigo quarto da maior popstar do mundo”, repetiu ele.

Uma das principais responsáveis pelo cachorro Gunther é Carla Riccitelli. Segundo ela, o truste tem hoje cerca de US$ 500 milhões de patrimônio. O grupo responsável pelo bicho já chegou a comprar um time de futebol masculino e uma equipe de natação feminina (Gunther ia brincar no campo de futebol).

Crédito: g1.globo.com

Prefeitura de Maricá promove feira de adoção de cães e gatos neste domingo, 17/10

A Prefeitura de Maricá, por meio da Coordenadoria Especial de Proteção Animal, realiza a 6ª edição da Campanha de adoção de cães e gatos no próximo domingo (17/10), das 13h às 17h, no estacionamento do Boulevard Maricá, no Centro. Trinta animais, entre cães e gatos, que foram resgatados das ruas estarão disponíveis para adoção responsável.

“Com a adoção a gente dá a oportunidade de dar um lar aqueles que foram rejeitados e que estavam à mercê da sorte nas ruas”, disse o coordenador de Proteção Animal, Fabiano Novaes.

Os interessados em adotar precisam ter mais de 18 anos, apresentar uma cópia da identidade, CPF e comprovante de residência. A ação respeita todos os protocolos sanitários de enfrentamento à pandemia da Covid-19, como distanciamento entre as pessoas, oferta de álcool em gel, entre outros.

O coordenador de Proteção Animal, Fabiano Novaes, destaca ainda que os protetores terão prioridade para colocar os animais na feira.

“O objetivo é reduzir a quantidade de animais que estão aos cuidados das protetoras e proporcionar a abertura de mais vagas daqueles que vivem nas ruas”, frisou Fabiano.

 

Serviço: Feira de Adoção de Animais

Local: Shopping Boulevard Maricá – Avenida Roberto Silveira, 93 – Centro

Dia: 17/10 – Domingo

Horário: 13h às 17h

Documentação: Maiores de 18 anos, apresentar uma cópia da identidade, CPF e comprovante de residência.

Zé Pereira se foi

O cachorro mais amado da história da cidade partiu. Idoso e com muitas complicações de saúde, nosso Zé Pereira deixa Rio Bonito mais triste.

O verdadeiro Rei da Praça!

Sem pedir licença, entrava em qualquer agência bancária para tirar uma soneca no frescor do ar-condicionado.

Um vira-latas que não precisava virar lata nenhuma. Zé era amado por todos. E nunca faltou nada.

Zé não passava fome, todos cuidavam dele. Além da comida que amigos colocavam em seu pratinho estrategicamente localizado atrás da Banca da Praça, todas as noites Zé ganhava um hambúrguer no Trailer do Cabeludo e petiscos de outros carrinhos de lanches.

Em alguns momentos pessoas da cidade patrocinavam banho e tosa para o cachorro mais amado da história de Rio Bonito. Também ganhava roupinha em tempos de frio.

A tia da Banca de jornal cuidou de Zé com tanto amor, com tanto carinho, que emocionava a gente. Se ele adoecia, ela acionava o veterinário. Se ele estava meio sumido, era ela quem o procurava pela praça.

Algumas vezes pessoas da cidade até tentaram levar Zé Pereira para suas casas. Queriam adotá-lo. Mas, Zé nunca se adaptou. Queria voltar pra rua.

Escolheu viver ali. E ser o Rei da Praça.

Zé não tinha dono.

Zé era de todos.

Zé Pereira levou alegria e companhia a muita gente: pessoas no ponto de ônibus, estudantes, crianças que brincavam na praça, funcionários das lojas do Centro descansando seu almoço e até bêbados da madrugada, que encontravam em Zé Pereira um amigo para uma boa conversa.

Zé marcou uma época em Rio Bonito. Zé é um símbolo da cidade. Ganhou até uma bela arte em sua homenagem, pintada na escadaria do hospital.

Pai de inúmeros “Zezinhos”, sempre se metia em confusão, algumas vezes sendo atropelado por estar atrás de alguma cachorrinha no cio, ou caindo no valão, por não estar enxergando muito bem.

Com o tempo, motoristas começaram a andar mais devagar pelo Centro. Era preciso ter cuidado. Zé Pereira poderia estar ali perto da banca e ninguém poderia atropelar o cachorro mais amado da história da cidade.

Zé Pereira merece uma placa, um busto, uma estátua na Praça Fonseca Portela!

Zé Pereira é eterno.

Com certeza existe um céu para os cachorros. E é bom que tenha ar-condicionado… Porque Zé Pereira está chegando.

Zeca Novais

Proteção Animal de Maricá abre inscrições para a castração de caninos e felinos machos

A Prefeitura de Maricá, através da Coordenadoria Especial de Proteção Animal, abre novas vagas para a castração de cães e gatos machos, com idade entre 5 meses e 6 anos de idade, parte do Programa Municipal de Controle Reprodutivo. As inscrições podem ser feitas às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9h às 11h, na sede da coordenadoria (Rua Prefeito Hilário Costa e Silva, nº 100, Parque Eldorado), limitadas a dois animais por CPF.

Para o cadastramento, os interessados devem apresentar cópia dos seguintes documentos: comprovante de residência de Maricá; identidade e CPF; comprovante de rendimentos, sendo aceitos Número de Inscrição Social (NIS), cartão Mumbuca, bolsa-família, Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou outro documento atestando preferencialmente renda familiar até três salários mínimos.

De acordo com as regras, não serão realizadas cirurgias em animais braquicefálicos (boxer, shih-tzu, pug, gato persa), os pets devem pesar no mínimo 3 kg e os tutores devem ser maiores de 18 anos.

Segundo o coordenador da pasta, Fabiano Novaes, a castração gratuita é uma iniciativa de referência na cidade, auxiliando no controle dos animais em situação de rua e sendo um suporte às atividades exercidas pelos protetores.

“Nosso município tem demonstrado grande compromisso com a causa animal. Das 92 cidades do estado do Rio, apenas 15 têm um setor para tratar diretamente sobre a promoção do bem estar animal e Maricá é uma delas. O Programa de Controle Reprodutivo é a nossa maior ferramenta para o controle da natalidade e diminuição dos animais que vivem em situação de rua, evitando o abandono de animais e amenizando a sobrecarga que sofrem os nossos protetores”, destacou.

O Programa de Controle Reprodutivo realiza, atualmente, 2.400 castrações por ano, com a expectativa que esse número aumente em breve. Como forma de democratizar o acesso ao projeto, 60% das vagas são direcionadas às pessoas que recebem até 3 salários mínimos, 20% das vagas são voltadas aos protetores de Maricá e os outros 20% aos animais que vivem em situação de rua e demais programas da coordenadoria.