Maricá celebra 208 anos e lança campanha “Cidade que Abraça”

A Prefeitura de Maricá lança a campanha “Cidade que Abraça”, em comemoração ao aniversário de 208 anos no próximo dia 26 de maio. Para marcar as celebrações, uma série de ações, que visam gerar oportunidades e desenvolvimento do município, serão apresentadas nas áreas de educação, cultura, meio ambiente, economia e tecnologia. A programação cultural, que será anunciada em breve, contará com mais de 30 atrações musicais, que subirão em quatro palcos montados na orla de Araçatiba, Itaipuaçu, Ponta Negra e São José do Imbassaí.

A campanha “Cidade que Abraça” – que será veiculada na mídia e nos principais canais de divulgação da Prefeitura e nos espaços públicos – foi pensada na capacidade de acolhimento do município de abraçar as causas sociais, o desenvolvimento e a sustentabilidade, para chegar mais perto das pessoas. A mensagem destaca o exemplo de cidade para seus moradores, porque Maricá é a capital da inclusão social, das políticas agroecológicas, do acesso ao ensino universitário, da moeda social, do transporte público gratuito.

“É importante lembrar que toda a nossa política de governo é voltada para dar dignidade ao povo maricaense, abraçando cada pessoa em sua diversidade. Isso tem a ver com comida na mesa, moradia, educação, saúde, segurança e dinheiro no bolso. Não à toa que batemos todos os meses recordes de criação de vagas de empregos formais. Sem fome e com educação e trabalho que nós vamos desenvolver nossa sociedade, movendo as pessoas para fazer o seu melhor”, disse o prefeito Fabiano Horta.

Ações de desenvolvimento que geram oportunidades

Na próxima terça-feira (17/05), o Instituto de Informação e Pesquisa Darcy Ribeiro (IDR) fará apresentação às 16h, no Cine Henfil, dos três recenseamentos que serão iniciados em Maricá, dando à cidade o seu primeiro Censo da Cidadania.

No dia 23, será lançado também um pacote de estímulo à inovação social e ao desenvolvimento de ciência e tecnologia no auditório do Instituto Federal Fluminense (IFF), em Ubatiba. O presidente do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), Celso Pansera, vai falar às 16h sobre os projetos, como a incubadora de startups e os arranjos produtivos de ciência médica, alimentação e cultura. A Secretaria de Transportes vai divulgar às 16h, no CEU da Mumbuca, edital de chamamento para utilização das estações de trabalho.

No dia 24, a Secretaria de Educação vai apresentar às 11h30 novas tecnologias que foram implementadas nas escolas da rede municipal de ensino. Os professores passarão a utilizar lousas digitais e os alunos do 4º ao 9º ano ganharão tablets com acesso à internet. A demonstração será às 11h30 no CEPT Zilca Lopes da Fontoura, no Centro. No mesmo dia, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico assina parceria com o Sebrae e recebe o palestrante Eduardo Moreira, que vai falar sobre “Desafios das Microempresas no Brasil”, a partir das 16h, no Cine Henfil.

No dia 25, a Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), fará às 10h o lançamento dos laboratórios do Projeto Aequor em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF). A iniciativa pioneira consiste no uso de micro-organismos no tratamento de esgoto, implantado na cidade em 2021.

Dia de celebração

No dia do aniversário da cidade, 26/05, a celebração dos 208 anos começa com o hasteamento da bandeira às 8h em frente à sede da Prefeitura, seguida de missa às 9h, na Igreja de Nossa Senhora do Amparo. Desenvolvido em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o ônibus híbrido será apresentado às 11h30 na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, e circulará pela cidade.  À tarde, a partir das 12h, a Caravana do Esporte toma conta da praça com muitas atividades físicas e de lazer.

Serão lançados ainda neste dia a Maricá Biotech, empresa municipal tecnológica para produção de camarões para exportação e criação de medicamentos a partir de plantas medicinais sem aditivo químico; e o Pacote de Incentivo à Cultura (PIC Maricá), desenvolvido conjuntamente pela Secretaria de Cultura e pelo ICTIM. Na Casa de Cultura, no Centro, haverá a partir das 13h a apresentação dos projetos do polo de produção audiovisual, da incubadora para desenvolver a indústria do carnaval e do Programa de Arte e Cultura (Proac), o maior edital de estímulo direto à cultura no estado do Rio.

Maricá inicia campanha de vacinação contra a gripe na segunda-feira (04/04)

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inicia na próxima segunda-feira (04/04) a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza (gripe) em todas as 24 Unidades de Saúde da Família. A campanha seguirá por etapas até o dia 3 de junho, com calendário dividido entre os grupos prioritários, e aplicação das doses de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h. O “dia D” de mobilização está previsto para o dia 30 de abril.

Estão incluídos no grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde para receber a vacina: idosos; crianças de seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias; gestantes e puérperas; pessoas com comorbidades e trabalhadores da saúde. Também fazem parte do público alvo os povos indígenas; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa. A meta é imunizar 90% deste grupo.

A secretária municipal de Saúde, Solange Oliveira, fez um alerta sobre a gravidade da doença e a importância dos grupos prioritários tomarem a vacina contra a influenza.

“As infecções causadas pelo vírus podem causar complicações que levam a internações e mortes, por isso a imunização anual é fundamental para garantir a proteção das pessoas que estão mais vulneráveis. Se você faz parte do grupo prioritário, acompanhe o calendário e não deixe de se vacinar. E lembre-se que é possível receber a vacina contra a covid-19 no mesmo dia”, destacou.

A Influenza, comumente conhecida como gripe, é uma doença viral aguda e os sintomas mais comuns são febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, assim como sintomas respiratórios com tosse seca, dor de garganta e coriza. A infecção geralmente dura uma semana e com os sintomas persistindo por alguns dias, sendo a febre o mais importante.  A vacinação reduz o impacto da doença, principalmente nas pessoas mais vulneráveis.

Calendário de vacinação

4 a 9 de abril- Idosos com 80 anos ou mais residentes de Instituições de longa permanência; trabalhadores de saúde com 60 anos ou mais em qualquer unidade de saúde; trabalhadores de saúde da rede pública de qualquer idade em seu local de trabalho.

11 a 16 de abril- Idosos com 70 anos ou mais; trabalhadores de saúde com 60 anos ou mais em qualquer unidade de saúde; trabalhadores de saúde da rede pública de qualquer idade em seu local de trabalho.

18 a 20 de abril- Idosos com 65 anos ou mais; trabalhadores de saúde com 60 anos ou mais em qualquer unidade de saúde; trabalhadores de saúde da rede pública de qualquer idade em seu local de trabalho.

25 a 30 de abril- Idosos com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde com 60 anos ou mais em qualquer unidade de saúde; trabalhadores de saúde da rede pública de qualquer idade em seu local de trabalho.

2 a 7 de maio- Crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes e puérperas.

9 a 14 de maio- Demais grupos prioritários de 50 a 59 anos; repescagem geral.

16 a 21 de maio- Demais grupos prioritários de 40 a 49 anos; repescagem geral.

23 a 28 de maio- Demais grupos prioritários de 30 a 39 anos; repescagem geral.

30 de maio a 3 de junho- Demais grupos prioritários de 5 a 29 anos; repescagem geral.

Documentos necessários

Para receber a dose, as pessoas que fazem parte do público alvo devem comparecer às unidades de saúde levando carteira de identidade e outros comprovantes, de acordo com os grupos a que pertencem: trabalhadores da Saúde, da Educação ou do transporte rodoviário devem apresentar identidade profissional ou crachá; crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias, o cartão de vacinação; pessoas com doenças crônicas (a partir de 5 anos de idade), a solicitação médica, com indicação da doença; as puérperas, a certidão de nascimento do bebê ou cartão do pré-natal ou cartão de vacinação do bebê; e as gestantes só precisam declarar que estão grávidas

Prefeitura de Maricá lança campanha de retomada após atingir 80% da população acima de 12 anos vacinada com duas doses contra a Covid-19

A Prefeitura de Maricá iniciou nesta quarta-feira (24/11) campanha de retomada na cidade após atingir 80% da população acima de 12 anos vacinada com as duas doses contra a Covid-19 e 89,2% com a primeira dose. Depois de quase dois anos de trabalho para amenizar os impactos causados pela maior crise sanitária do século, a cidade se prepara para avançar em uma nova fase.

A campanha destaca que a pandemia, que adiou sonhos e projetos, agora registra dias mais positivos, sendo possível enxergar um futuro com mais trabalho, comida na mesa e oportunidades para todos. Medidas de prevenção, como o uso de máscara, continuam sendo obrigatórias em toda cidade, incluindo locais abertos, como praias, lagoas e praças.

O avanço constante da vacinação iniciada em janeiro, aliada ao Programa de Amparo ao Trabalhador (PAT), Fomenta Maricá e ao Programa de Amparo ao Emprego (PAE), fizeram a diferença para que o município conseguisse manter a economia equilibrada nesse período tão difícil. O Cartão Mumbuca também teve destaque nesse processo como um dos motivos pelos quais o comércio da cidade se manteve funcionando, gerando emprego e renda, mesmo com as medidas sanitárias que o município teve de adotar.

O prefeito Fabiano Horta afirmou que estamos novamente recuperando a esperança de dias melhores, embora os cuidados permaneçam necessários.

“Embora ainda tenhamos que conviver com os desafios da pandemia, é hora de avançar, retomando as atividades e acelerando as máquinas, com a certeza de que durante todo esse período nós apoiamos quem podia produzir e acolhemos quem precisou parar”, afirmou o gestor.

Estrutura da Saúde na pandemia 

Durante a luta contra a pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Maricá realizou importantes entregas, como o Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em São José do Imbassaí, e o laboratório de diagnóstico para teste do coronavírus, localizado no Posto Central. A população contou com polos de atendimento e de vacinação espalhados em pontos estratégicos, que facilitaram o acesso de todos os moradores.

Preservação e geração de emprego em meio à crise

Os programas emergenciais foram implementados pela Prefeitura no momento mais agudo da pandemia, quando, por meio de decretos, os estabelecimentos comerciais precisaram reduzir o horário de atendimento ou até mesmo interromper o funcionamento – exceto os considerados essenciais – para conter a disseminação do vírus. Isso ocasionou a diminuição na oferta de serviços e uma pequena queda dos empregos formais na cidade.

No entanto, com a implementação do PAT em abril do ano passado, a gestão creditou mensalmente o valor de R$ 1.045 – atualmente reajustado para R$ 600 – aos profissionais liberais, autônomos, microempreendedores individuais (MEI) e informais, que tiveram seus comércios e negócios afetados pela pandemia. É importante lembrar que o benefício que atende a 23,5 mil pessoas está garantido até o mês de dezembro.

Além do PAT, a Prefeitura implementou o PAE, que concede o benefício de R$ 1.045 ao empregador MEI, micro ou pequena empresa com efetivo de até 49 funcionários. Já por meio do Renda Básica de Cidadania (RBC), os mais de 42 mil beneficiários do Cartão Mumbuca recebem o pagamento de R$ 170, convertidos em Mumbucas. Até este mês de novembro o benefício foi creditado no valor de 300 mumbucas, o equivalente a R$ 300,00.

Segurança alimentar: comida na mesa

Cada um dos cerca de 31 mil estudantes da rede pública – incluindo escolas municipais, estaduais e o Instituto Federal Fluminense (IFF) – tiveram direito a uma cesta, composta por gêneros alimentícios básicos (arroz, feijão, macarrão, óleo de soja, café, açúcar, farinha de trigo) e por um kit de produtos de limpeza (sabão em pó e em barra, sabonete, pasta de dente, detergente, água sanitária e limpador multiuso), que também beneficiou famílias em situação de vulnerabilidade social.

Asserj lança campanha contra leis que proíbem cobrança de sacolas plásticas em mercados

A associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiroi (Asserj), com apoio de outras organizações, lançou neste mês de novembro uma campanha para estimular o fim do uso das sacolas plásticas descartáveis. Segundo a Asserj, o objetivo é defender a Lei estadual das Novas Sacolas (8.473/19), que possibilitou, segundo a entidade, a retirada de cerca de 4,5 bilhões de sacos plásticos de circulação, em pouco mais de dois anos.

Em carta aberta, as signatárias pedem o apoio das autoridades e sociedade civil para combater propostas que proíbem a cobrança das sacolas em supermercados, como as leis aprovadas recentemente em São Gonçalo e Maricá, o que incentiva o aumento do uso de plástico. Na última semana, as cidades de Búzios e São Pedro da Aldeia também validaram uma legislação similar que aguarda a sanção dos respectivos prefeitos.

O vereador Cici Maldonado (PL), autor da lei 1261/2021, que proíbe a cobrança de sacolas plásticas descartáveis em São Gonçalo, usou as redes sociais para criticar a campanha da Asserj. De acordo com o parlamentar, o interesse da entidade é “unicamente financeiro”. Ele também lembrou que existem diversos produtos em embalagens plásticas que são consumidos diariamente.

“Sabemos que a maioria dos produtos vêm em embalagens plásticas. Só as sacolas pagas que  você pode levar quantas quiser não poluem, mas as gratuitas poluem? É muita  hipocrisia pro meu gosto!”, comentou o vereador.

Segundo a Asserj, somente em São Gonçalo, em um mês, o consumo de sacolas plásticas aumentou cerca de 80% na cidade após a lei 1261/2021. “Isso significa 3 milhões de sacos a mais em circulação, um valor três vezes maior que o número de habitantes. Precisamos preservar a conquista da Lei Estadual e frear a livre distribuição de plástico”, explica Fábio Queiróz, presidente da Asserj.

A lei que proíbe a cobrança de sacolas plásticas em supermercados e comércios de São Gonçalo foi sancionada pelo prefeito Capitão Nelson no dia 17 de setembro. Pela lei, o custo de distribuição das sacolas não será mais do cliente, mas dos estabelecimentos comerciais, que não poderão mais vender sacolas de materiais biodegradáveis aos consumidores do varejo.

Caso o estabelecimento seja flagrado em descumprimento da nova legislação, será advertido por escrito e terá que se adequar em um prazo máximo de 15 dias, caso seja um comércio de grande porte, e 20 dias, se for de médio ou pequeno porte.

 

Crédito: O São Gonçalo

Prefeitura do Rio lança campanha de vacinação contra raiva

A Prefeitura do Rio dá início nesta quinta-feira, (3) cerca de 500 mil cães e gatos com a vacina antirrábica até o fim da campanha. São mais de 80 unidades escolares localizadas na Zona Norte atendendo à população dessas regiões para realizar a imunização de seus animais contra a raiva.

O atendimento em todos os pontos ocorrerá das 9h às 17h, de acordo com as datas previstas no calendário da campanha, que pode ser visualizado no link abaixo. Mais detalhes estão na página da Vigilância Sanitária:
http://www.rio.rj.gov.br/web/vigilanciasanitaria/exibeconteudo?id=11763663

Segue a lista de Escolas Municipais que funcionarão como pontos de vacinação:

E.M. Jornalista Assis Chateaubriand – Rua Visconde De Santa Isabel, 272 – Vila Isabel
E.M. Teotônio Vilela – Rua Manoel Falcão Alves Maranhão, S/N – Maré
E.M. Dilermano Cruz – Av. Teixeira De Castro, 407 – Ramos
E.M. Nerval De Gouveia – Estrada Engenho Da Pedra, 528 – Ramos
E.M. Berlim – Praça Ramos Figueira, 20 – Olaria
E.M. Brasil – Rua André Azevedo, S/N – Olaria
E.M. Luiz César Sayão Garcez – Rua Paranapanema, 1055 – Olaria
E.M. Joracy Camargo – Estrada José Rucas, 1465 – Penha
E.M. João Barbalho – Rua Dr Miguel Vieira Ferreira, 392 – Ramos
E.M. Prof Mourão Filho – Rua Aristóteles Ferreira, S/N – Complexo Do Alemão
E.M. Ariosto Espinheira – Praça Caí, S/N – Penha
E.M. João De Deus – Praça Almeida Garret, S/N – Penha Circular
E.M. São Paulo – Rua Tailândia, 160 – Brás De Pina
E.M. Roraima – Estrada Do Porto Velho, 50 – Cordovil
E.M. Brant Horta – Rua Bento Cardoso, 130 – Penha Circular
E.M. João Marques Dos Reis – Praça Saicã, 57 – Penha Circular
E.M. Miguel Gustavo – Estrada Do Quitundo/ Rua Minduri, 771 – Brás De Pina
E.M. David Peres – Rua Pacheco Junior, S/N – Brás De Pina
E.M. Jorge Gouveia – Rua Gregório De Matos, S/N – Vigario Geral
E.M. República Do Líbano – Praça Elba, 1215 – Vigário Geral
E.M. Herbert Moses – Rua Cristiano Machado, S/N – Jardim América
E.M. Andrade Neves – Rua Viana Castelo, S/N – Jardim América
E.M. Zélia Braune – Rua Jorge Bizet, S/N – Jardim América
E.M. Embaixador Barroso Hurtado – Rua General Carvalho, 702 – Cordovil
E.M. Francisco José Oliveira Viana – Av. Schultz Wenk, S/N – Cordovil
Ciep Graciliano Ramos – Rua Jorge Lacerda, S/N – Jardim América
E.M. São Domingos – Praça Confederação Suiça, S/N – Del Castilho
E.M. Reverendo Álvaro Reis – Estrada Adhemar Bebiano, 4341 – Engenho Da Rainha
E.M. Olavo Josino – De Salles Rua Guarapuava, S/N – Inhaúma
E.M. Rubens Berardo – Av. Itaoca, 2326 – Complexo Do Alemão
E.M. Jose Marti – Praça Abuna, S/N – Engenho Da Rainha
E.M. Barão De Macahubas – Rua Padre Januário, 220 – Inhaúma
E.M. Prof Afonso Várzea – Av. Itaoca, 2086 – Inhaúma
E.M. Estado Da Guanabara – Rua Lourenço Ribeiro, 31 – Inhaúma
E.M. Pernambuco – Rua Conde De Azambuja, 579 – Maria Da Graça
E.M. Delfim Moreira – Praça Ubajara, 28 – Jacaré
E.M. Tobias Barreto – Rua Pompilho De Albuquerque, 62 – Encantado
E.M. Brigadeiro Faria Lima – Rua Violeta, S/N – Água Santa
E.M. Virgílio De Melo Franco – Rua Eng Clóvis Daudt, 310 – Piedade
E.M. Augusto Frederico Schimidt Rua Mapurari, S/N – Engenho De Dentro
E.M. Rio Grande Do Sul – Rua Adolfo Bergamini, 201 – Engenho De Dentro
E.M. Maranhão – Av. João Ribeiro, 389 – Pilares
E.M. João Kopke – Rua Souza Cerqueira, 63 – Piedade
E.M. Francisco Jobim – Rua Adriano, 310 – Méier
E.M. Goiás – Rua Goiás, 248 – Encantado
E.M. Bolívar – Rua José Dos Reis, 466 – Engenho De Dentro
E.M. Professor Visitação – Rua Ferreira De Andrade, 24 – Cachambi
E.M. Jean Mermoz – Rua São Gabriel, 261 – Cachambi
E.M. Pastor Miranda Pinto – Praça Avaí, S/N – Cachambi
E.M. Manoel Bonfim – Rua Braque, 31 – Del Castilho
E.M. República Do Peru – Rua Arquias Cordeiro, 508 – Méier
E.M. Rio De Janeiro – Rua Peçanha Da Silva, S/N – Jacaré
E.M. José Lins Do Rego – Rua Reginaldo Pardelha, S/N – Cachambi
E.M. Pareto – Rua 24 De Maio, 225 – Rocha
E.M. Sarmiento – Rua 24 De Maio, 941 – Engenho Novo
E.M. Cláudio Ignácio De Oliveira – Estrada Coronel Vieira, S/N – Irajá
E.M. Barcelona Rua Gustavo Martins, 67 – Irajá
E.M. Mato Grosso – Rua Miranda E Brito, 119 – Irajá
E.M. Alfredo Paula Freitas – Rua Gustavo De Andrade, 290 – Irajá
E.M. Mário Paulo De Brito – Rua São Leonardo, 51 – Irajá
E.M. Rosa Bettiato Zattera – Rua Santo Apiano, 247 – Irajá
E.M. Irmã Zélia – Av. Min Edgard Romero, 895 – Vaz Lobo
E.M. Bolívia – Praça Cotegi, 211 – Vicente De Carvalho
E.M. Tarsila Do Amaral – Rua Hanibal Porto, 451 – Irajá
E.M. Maestro Pixinguinha – Rua Anabês, 50 – Vila Kosmos
E.M. José Alpoim – Avn Pastor Martin Luther King Junior, 8173 – Colégio
E.M. Sergipe – Rua Itapuã, 581 – Vicente De Carvalho
E.M. Miguel Angelo – Rua Carlos Chamberland, 187 – Penha Circular
E.M. Albert Sabin – Praça Paulo Setúbal, 27 – Vila Da Penha
E.M. Grécia – Av. Brás De Pina, 1614 – Brás De Pina
E.M. Professor Ary Quintella – Rua Engenheiro Moreira Lima, 54 – Penha Circular
E.M. Maria Baptistina T Lott – Rua Ponta Porã, 479 – Vista Alegre
E.M. Nuno Alvares Pereira – Rua Beira Alta, S/N – Irajá
E.M. Gaspar Viana – Rua Heron Domingues, 122 – Irajá
E.M. Olímpia Do Couto – Rua Canudos, S/N – Irajá
CIEP Estadual Mário Tamborindeguy – Estrada Pedro Borges De Freitas, S/N Irajá
E.M. Velinda M Da Fonseca – Rua Marupiara, 105 – Rocha Miranda
E.M. Olegário Mariano – Praça Das Esmeraldas, 65 – Rocha Miranda
E.M. Professor Alfredo Russel – Rua Aristóteles, 485 – Rocha Miranda
E.M. Aspirante Carlos Alfredo – Rua Ibiá, 105 – Turiaçu
E.M. Osvaldo Aranha – Praça Carlos Toledo, 29 – Rocha Miranda
E.M. Luiz De Camões – Estrada Barro Vermelho, 1446 – Rocha Miranda

 

Fonte: ofluminense.com.br