Com quase mil garis afastados por Covid, Comlurb pede à população que ajude a manter a cidade limpa

A Comlurb — companhia de limpeza urbana do Rio — pediu na última sexta-feira (14) que a população ajude a manter a cidade limpa após uma alta de casos de Covid entre os garis.

Em nota, a empresa, que conta com 14 mil profissionais de limpeza e tem quase mil afastados (7%), pede “a colaboração da população em relação ao lixo e para manter a cidade limpa, uma vez que está trabalhando com um efetivo menor de garis”.

Diz ainda que, apesar dos afastamentos, não existe risco de paralisação do serviço na capital.

Procurada pelo g1, a empresa ainda não informou o quantitativo de garis afastados.

A companhia fala também que é importante respeitar o dia e o horário da coleta domiciliar. E pede que, em caso de chuva, a população aguarde o caminhão passar e descarte o lixo corretamente nas lixeiras.

 

Crédito: g1

Vídeo de garis dançando na no Rio viraliza nas redes sociais

A conhecida alegria dos garis cariocas viralizou nas redes sociais neste fim de semana. Uma equipe da Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) foi flagrada no gingado do funk durante o trabalho no Grajaú, Zona Norte do Rio, no sábado (18).

Os garis cantavam e dançavam enquanto recolhiam o lixo na rua

Em uma das postagens, o comentário é que a apresentação dos trabalhadores garantiu uma “caixinha” de Natal mais gorda.

Depois que a imagem viralizou, a Prefeitura do Rio compartilhou o vídeo no seu twitter oficial, elogiando e ressaltando que esse é o espírito carioca: “Quando alguém te perguntar “o que é ser carioca? “mostre esse vídeo.

A fama dos garis da Comlurb já é conhecida. Tudo começou com Renato Luiz Feliciano Lourenço. No intervalo dos desfiles das escolas de samba, na Marques de Sapucaí, Renato Sorriso costuma levar o público ao delírio enquanto evolui sambando pela pista da passarela. As apresentações transformaram o gari em um símbolo da carioquice.

Recentemente, um outro gari também viralizou na internet ao ser filmado dançando no Centro do Rio. José Maurício ficou conhecido como um gari pé de valsa no Rio depois de aparecer dançando com a professora de dança de salão Raíssa Mattos.

Crédito: g1.globo.com