Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (22) que o governo federal vai criar um Fundo Epidemiológico para reforçar a imunização contra a covid-19 e frear o avanço da pandemia no estado do Amazonas, que vive um colapso no sistema de saúde por causa da disseminação do novo coronavírus. Segundo a pasta, a proposta foi aprovada por unanimidade na última quinta-feira (21), na reunião do Fórum de Governadores.   

“O Fundo Epidemiológico foi elaborado em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e destina uma cota das novas doses de vacinas para a região que estiver mais impactada pela pandemia no período analisado. Neste momento, as doses serão destinadas ao Amazonas”, informou o ministério, em nota.

Na primeira cota de vacinas, já entregue aos estados, foram distribuídas cerca de 6 milhões de doses da Coronavac, produzida pela farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Neste caso, cada estado recebeu um volume proporcional de doses, de acordo com o tamanho do público-alvo prioritário neste momento, que são profissionais da saúde, idosos que vivem em instituições de acolhimento e indígenas aldeados. A próxima cota de vacinas soma outras 6,8 milhões, sendo 4,8 milhões da Coronavac, que já estão sendo distribuídas, e outras duas milhões de doses do imunizante da AstraZeneca, que chegaram hoje ao Brasil, vindas da Índia.

De acordo com o governador do Piauí, Wellington Dias, a proposta aprovada pelos governadores prevê que 5% da nova cota de vacinas seja destinada exclusivamente ao Amazonas, o que representa cerca de 300 mil doses. O restante será distribuído proporcionalmente entre todos os estados, nos mesmos moldes do repasses das primeira cota, de 6 milhões de doses.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Amazonas soma 245,1 mil casos de pessoas contaminadas e 6,8 mil mortes, desde o início da pandemia. Apenas na última semana, foram confirmadas 714 novas mortes por covid-19. Entre 10 e 16 de janeiro, o estado registrou aumento de 32% nos óbitos.

 

 

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Aprovada cota para negros na publicidade governamental do Rio

A ALERJ derrubou na terça-feira (26) o veto do governador Wilson Witzel ao Projeto de Lei 4261/2018, que estabelece cota para representação de afrodescendentes na publicidade governamental. De acordo com o texto, o Governo Estadual, quando elaborar campanhas publicitárias de órgãos da administração pública estadual, direta e indireta, deverá observar a representação étnico-racial afrodescendente em todas as peças de publicidade na proporção de, no mínimo, um modelo negro para cada dois modelos em atuação.

“Não é aceitável que, em um país como o Brasil, profundamente marcado pela ancestralidade africana, os modelos tidos e havidos como ‘padrões de beleza’, que atuam em peças publicitárias divulgadas em diferentes veículos da mídia, sejam predominantemente brancos. Modelos negras e negros não podem ser tratados como resíduos nessas veiculações. Apresentamos este projeto para afirmar o princípio da igualdade racial também no campo da publicidade, em estreito diálogo com o Fórum Permanente de Mulheres Negras da ALERJ”, afirma o deputado  estadual Waldeck Carneiro, autor da proposição.

A ALERJ terá quinze dias para publicação da nova lei no Diário Oficial.

Aberto período de solicitação de isenção e cota para o Cederj

O CEDERJ inicia nesta segunda-feira, 18 de março, o período de solicitação de isenção e pré-inscrição no sistema de cotas e Ação Afirmativa para o Vestibular Cederj 2019.2. Os pedidos para alcançar o benefício só poderão ser enviados até o dia 29 de março.

Os interessados em obter a gratuidade precisam preencher o requerimento de Pré-inscrição (clique aqui) e enviar a documentação exigida digitalizada em uma das seguintes extensões: *PDF, *JPEG/JPG ou *PNG, seguindo as orientações que constam no edital. A isenção da taxa será concedida mediante avaliação socioeconômica do candidato.

O período de pré-inscrição para os interessados em participar apenas do sistema de cotas e Ação Afirmativa é o mesmo, de 18 a 29 de março, no mesmo endereço eletrônico. Não serão aceitas inscrições após essa data. O resultado da análise das solicitações será publicado neste mesmo site dia 24/04.

Aqueles que tiverem os seus pedidos aceitos deverão retornar à página da inscrição no processo seletivo, no período de 24/04 a 09/05. Caso não tenha sido contemplado, o candidato tem a opção de requerer revisão de sua análise documental nos dias 25 e 26/04. Neste caso, não será permitido nenhum acréscimo de documentação. Após esgotados os recursos, o candidato deve consolidar sua inscrição até 09/05 e efetuar o pagamento do boleto até dia 10/05.

As vagas para os candidatos cotistas são para os cursos de Licenciatura em Ciências Biológicas, Licenciatura em Geografia, Licenciatura em Pedagogia e Licenciatura em Química, oferecidos pela UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) e UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense).

Já as vagas para o sistema de cotas de Ação Afirmativa são para os cursos de Administração, Administração Pública, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Licenciatura em Ciências Biológicas, Licenciatura em Física, Licenciatura em História, Licenciatura em Letras, Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Pedagogia, Licenciatura em Química, Licenciatura em Turismo, Tecnologia em Sistemas de Computação, Tecnologia em Segurança Pública e Tecnologia em Gestão de Turismo, das demais instituições públicas consorciadas, Cefet, Uerj, UFF, UFRJ, UFRRJ, Unirio e Uenf.

Todos os cursos terão início no segundo semestre letivo de 2019, na modalidade de Educação a Distância, em regime semipresencial.

Sobre o Cederj

O Consórcio CEDERJ (Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro) é gerido pela Fundação Cecierj, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. São mais de 40 mil alunos em 16 cursos de graduação a distância. O Consórcio está presente em Angra dos Reis, Barra do Piraí, Belford Roxo, Bom Jesus do Itabapoana, Campo Grande, Cantagalo, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaocara, Itaperuna, Macaé, Magé, Miguel Pereira e Miracema. Além de Natividade, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Piraí, Resende, Rio Bonito, Rio das Flores, Rocinha, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Três Rios e Volta Redonda.