Permissão para presença de público em jogos do Flamengo é derrubada pelo STJD

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva derruba a liminar que permitia a presença de público em jogos do Flamengo, e a partida da próxima rodada da Série A, domingo (19), contra o Grêmio, não terá torcida. A decisão é do vice-presidente da entidade, Felipe Bevilacqua, e foi expedida na madrugada desta quinta-feira (16).

O auditor do Pleno do STJD atende parcialmente a um pedido feito por 17 clubes e a Confederação Brasileira de Futebol. Todos pleiteavam o adiamento da vigésima primeira rodada do brasileirão, mas apenas a liminar que permitia a presença de público foi derrubada. A medida é válida até a realização da reunião do Conselho Técnico, agendada para dia 28 de setembro.

Nesta quarta-feira (15), Flamengo e Grêmio duelaram diante de aproximadamente 6.400 torcedores no Maracanã, mas pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro venceu o tricolor gaúcho por 2 a 0 e se classificou para a semifinal.

O público presente equivale a pouco menos de 27% do total permitido pela Prefeitura do Rio: cerca de 25 mil torcedores. Os protocolos foram seguidos no entorno do estádio, mas uma aglomeração foi formada por torcedores que ocupavam o setor Norte do Maracanã. Parte dos torcedores também tirou a máscara de proteção após entrar no estádio.

O Flamengo e a Prefeitura do Rio ainda não se posicionaram sobre a decisão. A partida entre o Mais Querido e o Barcelona de Guayaquil pela Libertadores, porém, na quarta-feira que vem, deve contar com torcida. O Município do Rio liberou metade da capacidade do Maracanã para o jogo: cerca de 35 mil torcedores.

 

Crédito: https://bandnewsfmrio.com.br/

Projeto “Ao lado do Ídolo”, da Prefeitura de Maricá, aproxima alunos e profissionais de futebol

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, realizou nesta quinta-feira (09/09) uma clínica de futebol para 21 alunos do núcleo de Cordeirinho do ‘Maricá Mais Esporte’. O técnico do Maricá Futebol Clube, Marcus Alexandre, foi o convidado desta edição do projeto “Ao Lado do Ídolo”, que aconteceu no campo do Figueirense, no bairro Caxito.

Há três anos comandando o Maricá, que disputa a segunda divisão do Campeonato Carioca, Marcus já trabalhou no Vasco (por 20 anos), Botafogo (dois anos) e Nova Iguaçu (três anos).

Durante o encontro, meninos com idades entre 8 e 17 anos, conheceram um pouco da trajetória profissional, que fez questão de destacar a importância do respeito ao próximo e a necessidade de se ter disciplina não só em campo, mas em todos os lugares.

“A gente orienta os alunos sem desestimulá-los. Não é para eles abandonarem o sonho de serem jogadores de futebol, mas existem outras profissões envolvidas num jogo, como o médico, o advogado, o treinador, o fisioterapeuta e que muitas vezes a sociedade nem lembra”, explicou o treinador.

“O Vasco foi a minha escola, minha vida. Mas eu queria ter tido a oportunidade de estar num projeto social desse, porque eu perdi muito tempo tentando ser jogador. No Vasco eu fui professor da escolinha de futebol, trabalhei no futsal, fiz toda a trajetória que um jogador de futebol faz, só que do lado acadêmico”, completou Marcus.

Leandro Valença, de 11 anos, é mais um jovem que sonha com a carreira de jogador de futebol. “Esse treinador é muito bom e eu vou levar tudo o que ele falou para a minha vida, porque eu quero ser jogador profissional”.

Thiago Souza, 14, também comemorou. “Eu quero ser jogador ou treinador profissional, porque eu quero viver nesse ambiente. Com essa clínica, eu aprendi que tenho que cuidar e olhar para o próximo também, não só para mim”, disse Thiago. “Assim, a gente vê que independente do que a gente tem, a gente pode conseguir o que a gente quiser”, acrescentou Jeferson Richardson (16 anos).

Segundo o subsecretário de Esportes, Carlos Wagner, o objetivo do projeto é que os alunos tenham uma identificação com a modalidade esportiva.

“Hoje, trouxemos o Marcus Alexandre que tem uma grande identidade com o futebol e com o município, por ser o treinador que representa nossa equipe profissionalmente na cidade”, pontuou.

Embora não seja a proposta do projeto, Carlos Vagner ressaltou que existe a possibilidade de que alunos sejam descobertos nas clínicas.

“O olhar clínico de um profissional capacitado pode ser uma oportunidade única para esses meninos. Ontem (quarta-feira, dia 08/09), por exemplo, na clínica do remo, o treinador Bernhard Stomporowski observou três atletas e vai fazer um convite para que eles tenham a experiência de passar uma semana no Flamengo. Isso é engrandecedor”, garantiu satisfeito.

Brasil vence o Peru e mantém 100% nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar

O Brasil derrotou o Peru por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (9) na Arena Pernambuco, e manteve o aproveitamento perfeito nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 (Catar) com oito vitórias em oito jogos.

A vitória teve um significado especial para o camisa 10 Neymar, que marcou uma vez pelo time comandado por Tite e se tornou o maior artilheiro da seleção brasileira na história da competição, com o total de 12 gols, um a mais do que Romário e Zico, os segundos colocados da relação.

Vitória tranquila

Após optar pela formação que iniciou o duelo com os argentinos (Weverton; Danilo, Lucas Veríssimo, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro, Gerson, Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro; Neymar e Gabriel Barbosa) o técnico Tite viu sua equipe assumir o comando das ações, com Neymar criando muito.

E foi dos pés do camisa 10 que surgiu o primeiro gol do Brasil. Aos 13 minutos Santamaría perdeu para Neymar, que avançou livre em velocidade pela esquerda e cruzou para o meio da área, onde Gabriel Barbosa furou e a bola sobrou para Éverton Ribeiro bater de chapa, de primeira, para abrir o placar.

Se no primeiro Neymar foi o arco, no segundo ele foi a flecha. Aos 39 minutos Danilo lançou Gabriel Barbosa, que avançou pela direita e finalizou, a defesa afastou parcialmente e Éverton Ribeiro aproveitou a sobra e chutou, mas Santamaría conseguiu cortar e a bola ficou com o camisa 10 do Brasil, que só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes.

Se na etapa inicial o Brasil dominou, na segunda diminuiu o ritmo e pouco criou, o que manteve o placar inalterado até o fim.

A seleção brasileira volta a jogar pelas Eliminatórias em outubro, quando mede forças com Colômbia, Venezuela e Uruguai.

 

Crédito: www.atribunarj.com.br

Prefeitura de Maricá promove encontro de atletas de remo com alunos do Projeto Navegar

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, realizou, nesta quarta-feira (08/09), clínica de remo a 42 alunos do Projeto Navegar na Lagoa do Boqueirão.

O evento teve a participação dos atletas Vangelys Reinke (medalhista de bronze no Campeonato Mundial de Remo de 2019) e Roberto Mollinedo (membro da equipe campeã do Clube Regatas do Flamengo na 3ª Regata Estadual de Remo), além de Bernhard Stomporowski, treinador da seleção brasileira de remo e o ex-atleta e treinador de remo do município Edson Salles.

A atividade é parte da iniciativa “Ao Lado do Ídolo”, que tem como objetivo integrar alunos das modalidades esportivas oferecidas pelo Esporte Presente a atletas com trajetórias de sucesso. Nesses encontros são compartilhadas experiências profissionais e valores essenciais aos esportistas, servindo de referência aos praticantes de Maricá.

“Tentamos aproximar os participantes do projeto a atletas, ex-atletas e treinadores, oferecendo um conhecimento que vai além da parte técnica, como disciplina e valores de cidadania”, explicou o subsecretário de Esporte e Lazer, Carlos Vagner Frauches.

“O Projeto Navegar é aberto a crianças, adultos e idosos, oportunizando a prática de remo, vela e caiaque a todos. Tudo isso é parte de uma estrutura privilegiada e profissionais capacitados, frutos dos investimentos do município no bem-estar da população”, completou o secretário.

Segundo o medalhista de remo Vangelys Reinke, de 30 anos, poder partilhar sua vivência é um privilégio, principalmente em uma cidade que investe na prática esportiva, como Maricá.

“Comecei minha trajetória no Projeto Navegar no Espírito Santo, o mesmo que existe aqui. É muito bom ver esse projeto em Maricá, uma cidade em ascensão e que investe nos esportes, atraindo as pessoas para a prática. Isso só tem a fortalecer o elo dos atletas com a cidade e, futuramente, medalhistas mundiais e olímpicos poderão surgir aqui”, pontuou.

Os participantes do encontro se mostraram animados com a troca de conhecimentos. Para a moradora de Araçatiba, Daniele Lira, de 45 anos, a presença de atletas renomados é uma inspiração e traz expectativas de crescimento ao esportista.

“Ter os atletas aqui é uma inspiração, pois eles trazem todas as vivências e dificuldades que passaram. Dessa forma, nos mostram que é possível chegar a uma olimpíada e alcançar todos os resultados buscados, sendo um exemplo para o país”, destacou.

O estudante Adeilson Freitas, de 17 anos, há 3 anos integrante do Projeto Navegar, afirma que o encontro com os atletas encoraja os praticantes a seguir com seus aprendizados.

“Depois desse encontro, me sinto com ainda mais vontade de continuar a treinar, com o objetivo de me tornar um profissional no remo em breve”, concluiu.

O Projeto Navegar possui, atualmente, 83 alunos e é direcionado a todas as pessoas maiores de 9 anos. A iniciativa é parte do Esporte Presente, que estimula a prática de atividades físicas e o bem-estar dos maricaenses com a oferta de 35 modalidades esportivas.

 

 

Prefeitura do Rio autoriza público em jogos do Flamengo no Maracanã

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio, por meio do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, apresentou na última segunda-feira (06 parecer técnico favorável à proposta de três eventos-teste do Clube de Regatas do Flamengo, prevendo a  presença de público no estádio do Maracanã, condicionado ao cumprimento rigoroso do protocolo sanitário apresentado.

Os eventos-teste serão jogos de futebol nos dias 15 (Flamengo X Grêmio, pela Copa do Brasil), 19 (Flamengo X Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro) e 22 de setembro (Flamengo X Barcelona de Guayaquil, pela Copa Libertadores). O público permitido em cada uma das partidas será de 35%, 40% e 50% da capacidade do Maracanã, respectivamente.

Para comprar ingresso e acessar o estádio, o público precisará se cadastrar num sistema online, fazer upload do comprovante de vacinação e teste RT-PCR ou antígeno para covid-19 48h antes do jogo, no laboratório credenciado pelo Flamengo. Apenas com o resultado negativo do exame, que será inserido diretamente no sistema pelo laboratório, a compra do ingresso poderá ser concluída.

Durante as partidas, deverá ser mantido distanciamento social de um metro em planos de assentos disponíveis e uso de máscaras. No pós-jogo, a Secretaria Municipal de Saúde fará o acompanhamento dos espectadores por 15 dias, a partir dos dados informados pelo laboratório.

O planejamento e monitoramento operacional nas proximidades e entrada do estádio no dia dos jogos, bem como a comunicação aos torcedores quanto à necessidade de cumprimento a códigos de conduta sanitária, serão de competência do organizador.

 

 

Crédito: Jornal O São Gonçalo