Brasil goleia Uruguai por 4 X 1 e fica mais perto da vaga para Copa de 2022

Nada como um dia após o outro. Ou uma rodada após a outra. Após deixar uma péssima impressão no empate sem gols com a Colômbia, no último domingo, a seleção deu a volta por cima com um passeio sobre o Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa de 2022. É bem verdade que o adversário teve uma atuação muito aquém do esperado e deu todo o espaço para o Brasil jogar. Mas a goleada por 4 a 1 não encantou só pelo placar, mas pela postura da equipe.

De quebra, o triunfo praticamente confirmou o Brasil no Mundial do Qatar. Líder com folgas na tabela, a seleção chegou aos 31 pontos. Embora ainda não esteja matematicamente classificada, atingiu uma pontuação que, desde que as Eliminatórias são disputadas no formato atual, sempre garantiu uma vaga entre os quatro primeiros.

E não poderia haver rodada melhor para o Brasil atingir este feito. Foi o primeiro jogo da seleção no país com venda de ingressos (foram mais de 12 mil presentes). A última vez havia sido na final da Copa América de 2019, no Maracanã, contra o Peru.

E não faltou festa para os jogadores. Sempre que tocou na bola, Neymar foi ovacionado pelo público. Uma gritaria normalmente direcionada aos astros da música. Gabigol também foi muito ovacionado. Enquanto não entrou em campo, o atacante do Flamengo teve o nome pedido aos gritos.

E todo esse carinho foi correspondido. Foi uma equipe de muita movimentação. Ao contrário do habitual, não foi só Neymar quem teve liberdade para flutuar pelo campo. Paquetá, Fred e Raphinha também se destacaram pela movimentação. Este último, por sinal, foi um personagem à parte. Além de iniciar a jogada do gol de Neymar, marcou dois — seus primeiros com a Amarelinha.

Suárez descontou de falta para os uruguaios. E coube a Gabigol completar a goleada. Por sinal, fazendo de cabeça, algo que lhe tem sido cobrado por Renato Gaúcho no Flamengo.

Agora com um ambiente positivo, a seleção voltará a campo em novembro. No dia 11, recebe a Colômbia. No dia 16, visita a Argentina

 

Crédito: extra.globo.com

Jogador do Araruama Futebol Clube pode ter sido assassinado por traficantes, em Araruama

A Polícia Civil do Rio vai apurar se a morte do jogador de futebol Maykon de Lima Baptista, que atuava no Araruama Futebol Clube, teria sido ordenada por traficantes da região conhecida como Casinhas, no bairro Vila Canaã. O meia foi morto a tiros no último sábado (9) em Araruama, na Região dos Lagos. O corpo do atleta foi enterrado neste domingo em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

Investigadores da 118ª DP (Araruama) já sabem que o atleta teria ido ao local para participar de um pagofunk (mistura de show de pagode com baile funk). A polícia apura se uma desentendimento na hora do evento foi o estopim para que o jogador fosse morto.

Testemunhas relataram que ele foi morto no local, mas o corpo foi encontrado no mato. A morte de Maykon causou comoção entre os atletas dos clube da Região dos Lagos.

Segundo o delegado Filipi Poeys Lima, titular da delegacia de Araruama e responsável pela apuração, as investigações estão bem avançadas e testemunhas ainda estão sendo ouvidas.

“Temos uma linha de investigação que precisa ser mantida em sigilo. De acordo com as testemunhas, ele estava saindo de um show de pagode e foi morto”, explicou o delegado.

Maikon de 28 anos tinha passagens por clubes de pequena expressão no futebol carioca como o São Gonçalo Futebol Clube e Maricá Futebol Clube. Atualmente o jogador defendia as cores do Araruama e disputava partidas da Série B2 do Campeonato Carioca. O atleta era natural de São Gonçalo.

 

Crédito: odia.ig.com.br

PSG pede que Real Madrid seja punido por “aliciar” publicamente o jogador Mbappé

O diretor esportivo do PSG, o brasileiro Leonardo, voltou a reclamar do Real Madrid devido a forma como o clube espanhol assediou publicamente o atacante Kylian Mbappé para contratá-lo. Uma forma de atuação que merece ser punida, segundo o dirigente do clube francês.

– Há um trabalho com Mbappé. Falam sobre ele publicamente há dois anos, como se fosse normal. Já informamos ao Real Madrid em várias ocasiões do nosso descontentamento – disse o brasileiro durante uma entrevista no Festival de Esportes organizado pelo jornal italiano La Gazzetta dello Sport, em Trento, na Itália.

– É algo que deve ser sancionado (…) É falta de respeito – insistiu Leonardo, que especificou que o objetivo do PSG continua sendo a renovação do contrato do atacante, que termina no dia 30 de junho de 2022.

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, declarou na terça-feira passada que espera que a contratação de Mbappé pelo time espanhol seja “resolvida” em “janeiro”, quando o jogador estará livre para negociar com qualquer outra equipe, embora horas depois o dirigente tenha dito que foi mal interpretado.

A equipe de Madri queria contratar o atacante francês no início desta temporada, e ofereceu 180 milhões de euros pelo passe do campeão mundial em 2018. A oferta foi rejeitada pelo PSG.

Mbappé confirmou no início desta semana em entrevista à rádio RMC que informou ao PSG no meio deste ano sua intenção de deixar o clube.

Leonardo negou qualquer comparação na forma de atuação do Real Madrid com seu atacante com a maneira como o clube parisiense agiu para contratar o goleiro Gianluigi Donnarumma, garantindo que não negociou com o italiano até que o Milan anunciou oficialmente que não renovaria, já que ele era “um jogador livre”.

Crédito: g1.globo.com

Jogador venezuelano Soteldo desperta interesse do Flamengo, diz portal ‘IG’

Ex-jogador do Santos, o venezuelano Soteldo, um dos destaques da seleção de seu país, despertou o interesse do Flamengo. As informações são do portal “IG”. O jogador, insatisfeito no clube canadense Toronto FC, aceitaria retornar ao futebol brasileiro.

Vendido pelo Santos em abril por US$ 6 milhões (R$ 33 milhões na cotação atual), o venezuelano, de 24 anos, disputou 23 partidas e fez quatro gols com a camisa do Toronto FC. O contrato vai até o final de 2024. Além do rubro-negro, o Corinthians seria outro interessado.

Caso o Flamengo realmente faça alguma proposta oficial pelo atleta, Soteldo só poderá atuar no próximo ano, já que as inscrições para o Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores da América estão encerradas.

 

Crédito: https://extra.globo.com/

Prefeitura do Rio dispensa teste de Covid-19 para torcedores com ciclo vacinal completo nos estádios da cidade

Um decreto do prefeito do Rio, Eduardo Paes, publicado na manhã desta sexta-feira, anunciou uma flexibilização no protocolo para a entrada de torcedores nos estádios da cidade. A partir desta sexta, para acessar os locais, o público terá de apresentar comprovante do ciclo vacinal completo ou teste negativo de antígeno ou RT-PCR para Covid-19 (até 48 antes das partidas). Anteriormente, era obrigatório apresentar o teste negativo e comprovante de vacinação.

Um decreto do prefeito do Rio, Eduardo Paes, publicado na manhã desta sexta-feira, anunciou uma flexibilização no protocolo para a entrada de torcedores nos estádios da cidade. A partir desta sexta, para acessar os locais, o público terá de apresentar comprovante do ciclo vacinal completo ou teste negativo de antígeno ou RT-PCR para Covid-19 (até 48 antes das partidas). Anteriormente, era obrigatório apresentar o teste negativo e comprovante de vacinação.

De acordo com o decreto, “considera-se o esquema vacinal completo pessoas acima de 60 anos, após 14 dias da dose de reforço, e pessoas de 15 a 59 anos, após 14 dias da segunda dose da vacina.”

O Vasco, por exemplo, já terá o novo protocolo em seu próximo jogo em São Januário, dia 16, contra o Coritiba.

Em setembro, a Prefeitura do Rio passou a liberar gradualmente o retorno dos torcedores aos estádios, desde que os clubes mantivessem uma série de protocolos para evitar a disseminação de Covid-19. No momento, é permitida a ocupação de até 50% das arquibancadas.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio, no dia 1º de outubro, 85% das pessoas com mais de 12 anos receberam uma dose da vacina na cidade, e 57% já tomaram duas doses ou dose única.

Crédito: https://ge.globo.com/