Dia da conquista do voto feminino é celebrado de forma inédita em Itaboraí

Completou 89 anos nesta quarta-feira (24/02), o dia da conquista do voto feminino no Brasil foi celebrado de forma inédita em Itaboraí. O evento foi promovido pelo Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEMDS), no salão nobre da Prefeitura de Itaboraí.

A cerimônia contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Social, Marcos Araújo; da coordenadora do Ceam, Sulamita Campanhole; da subsecretária de Desenvolvimento Social, Rosane Araújo; da subprefeita regional de Itambi, Jaqueline Lopes; e da delegada titular da 71ª DP (Itaboraí), Norma Passos Lacerda.

“É um marco porque é a primeira vez que se comemora essa data em Itaboraí. Com eventos como esse, estamos plantando sementes, para que elas cresçam e deem frutos, para que outras mulheres possam se engajar na política, que sejam votadas e sejam eleitas. É importante incentivar que essa mensagem chegue a outras mulheres, para que elas coloquem seus nomes à disposição do povo de itaboraí para participar ainda mais da vida política e pública da cidade”, afirmou Marcos Araújo.

Idealizadora do evento, a coordenadora do Ceam, Sulamita Campanhole, ressaltou que comemorar as conquistas alcançadas pelas mulheres brasileiras é importante para eliminar todas as formas de discriminação contra o gênero.

“A mulher entende e conhece melhor as próprias demandas e por isso é tão importante ocupar espaços para elaborar políticas e programas públicos. Fico muito honrada de coordenar o Ceam, que é um órgão de acolhimento e que tem uma equipe multidisciplinar especializada principalmente no atendimento de mulheres vítimas de violência”, explicou a coordenadora.

O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) fica na Rua João Caetano, 40B, no Centro de Itaboraí.

 

Polícia Militar prende homem com drogas em Itaboraí

Policiais do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 35°BPM (Itaboraí) prenderam, na manhã de ontem, quarta-feira 24, um jovem de 22 anos, com drogas e rádio de comunicação na Rua 40, no Bairro Santo Antônio, em Itaboraí.

De acordo com a polícia, o acusado é  suspeito de participar de um homicídio na região e apontado como principal integrante de uma quadrilha que realiza roubos na BR 493.

A prisão ocorreu por volta 8h, após a equipe receber denúncias sobre a localização do jovem.

 

 

Fonte: osaogoncalo.com.br

Operação Carnaval: fiscalização reforçada em Itaboraí

Em vigor até domingo (21/02), as medidas de restrição no período de carnaval estão sendo fiscalizadas pela Prefeitura de Itaboraí, desde a última sexta-feira (12/02). A inspeção quanto ao cumprimento das normas vigentes está a cargo da Secretaria Municipal de Segurança Pública (Guarda Municipal), Secretaria Municipal de Fazenda (Posturas), Secretaria Municipal de Transportes e a Secretaria Municipal de Saúde (Vigilância Sanitária).

De acordo com a publicação em Diário Oficial, fica vedada a realização de quaisquer eventos ou atividades festivas comemorativas do carnaval, incluindo os eventos em ambientes internos ou externos (ainda que privados), abertos à participação do público. O uso de veículos de som com concentração de pessoas fica vedado também, assim como a realização de acampamentos nas áreas públicas do município.

No primeiro dia de vigor do decreto, na última sexta-feira (12/02), agentes da Fiscalização de Posturas, acompanhados da Guarda Municipal, notificaram 15 estabelecimentos a cumprirem as medidas previstas no texto. Responsável pela operação, o assessor de fiscalização César Alexandre Chaves explica que ação teve caráter educativo para evitar aglomerações e desrespeito aos protocolos durante o Carnaval.

“Visitamos os estabelecimentos que geralmente executam atividades festivas em outras épocas e notificamos todos eles a respeito das medidas de restrição e proibição do decreto. Informamos que o descumprimento poderia acarretar penalidades previstas em Lei”, explicou.

Nos locais visitados durante os dias de Carnaval, a Fiscalização de Posturas não constatou nenhum descumprimento às medidas. Vale ressaltar que a fiscalização segue reforçada até domingo (21/02), período que encerra a validade do decreto. Nos quatro dias mais críticos da festividade, a Guarda Municipal atuou com efetivo de 120 agentes.

O controle viário ficou sob responsabilidade do Grupamento Especializado de Trânsito (GET), que contou com 14 agentes divididos em duas equipes. Até a Quarta-feira de Cinzas (17/02), os agentes já haviam aplicado 60 notificações (média diária de 15 notificações) e apenas um acidente de trânsito com vítima foi registrado, no dia 14 de fevereiro.

Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Pública, não foram registradas ocorrências de vulto referente ao descumprimento do decreto por parte da Polícia Militar e Polícia Civil. O comandante da GM de Itaboraí, Alexandre Barbosa, considera o saldo parcial de Carnaval como positivo, ressaltando que demonstra os esforços da Prefeitura e a integração das forças municipais em fazer cumprir as determinações do decreto.

“Empenhamos um efetivo considerável para trabalhar em todo o município, para trazer tranquilidade para os munícipes. As ações da Guarda Municipal tem por objetivo proporcionar proteção aos cidadãos e segurança ao patrimônio público”, afirmou o comandante.

Proteção ambiental

Agentes da Guarda Municipal, por meio do Grupamento de Especial de Proteção Ambiental (GEPAM), também realizaram plantão 24 horas por dia no Parque Paleontológico de São José durante o Carnaval. Os guardas acompanharam 65 visitas nos quatro dias principais de festividade, fazendo orientação e controle do uso do espaço. Neste período, foram removidas quatro churrasqueiras irregulares no entorno da Lagoa de São José, além de uma jangada que também estava sendo usada de forma irregular.

 

Livros infantis são doados para pacientes do CAPSI Marinéa Barreto

A Secretaria Municipal de Cultura, através da Biblioteca Municipal Joaquim Manuel de Macedo, realizou nesta sexta-feira (19/02) a doação de 60 livros infantis para os pacientes do Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil (CAPSI) Marinéa Barreto, no Centro. Os livros serão utilizados para auxiliar o desenvolvimento da leitura e trabalhos artísticos das oficinas terapêuticas.

Devido a pandemia, a Biblioteca Municipal suspendeu todas as atividades presenciais de 2020. E, os livros que seriam doados durante a realização da Feira Municipal de Livros e em outros eventos promovidos pela biblioteca acabaram ficando guardados. Para continuar o trabalho desenvolvido, a Secretaria Municipal de Cultura realizou a doação.

“A doação é uma forma da Biblioteca estar presente no dia a dia do CAPSI. Já fazia parte da rotina das crianças o evento de contação de história e as visitas aos CAPSI. Para preservar a saúde delas não estamos realizando mais as visitas, mas encontramos um ‘jeitinho’ de continuar levando cultura para todos.”, disse o secretário de Cultura, Roberto Costa, que acompanhou a equipe da Biblioteca na entrega da doação realizada no CAPSI

Além do secretário de Cultura, a entrega da doação contou com a presença da bibliotecária Mônica Avelar Leal, da coordenadora do CAPSI Marinéa Barreto, Andreia Ximenes, acompanhados por parte da equipe de atendimento da unidade e de alguns responsáveis dos pacientes infantis. Assim que os livros começaram a ser entregues despertaram o interesse das crianças presentes. O pequeno Igor Monteiro de oito anos, acompanhado pela mãe Aline de Oliveira Monteiro, logo se interessou pelo livro do consagrado autor brasileiro Ziraldo.

“Ele (Igor) adora pintar. É muito difícil ele ter o interesse de se concentrar em alguma atividade, mas quando ele tem disponível alguma pintura, ele para e desenvolve o trabalho.”, explicou a mãe do Igor que ainda disse que as atividades do CAPSI o ajudam a desenvolver a coordenação motora, a organização e a concentração do filho.

O CAPSI Marinéa Barreto atende atualmente cerca de 300 crianças e jovens com serviços de Fonoaudiologia, Psicologia, Psicomotricidade, Enfermagem, Assistência Social e diversas Oficinas Terapêuticas para auxiliar o desenvolvimento mental, social e psicomotor dos pacientes. As atividades funcionam de segunda-feira a sexta-feira das 8h às 17h.

Prefeitura de Itaboraí realiza ações de plantio pela cidade

Não reclame do calor, plante uma árvore. A frase famosa nas redes sociais está sendo levada a sério pela Prefeitura de Itaboraí. Desde início de fevereiro a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca realizou nove grandes ações de plantio de mudas nos bairros da cidade.

Uma parte das mudas vieram do Horto Municipal, em Pachecos, e outras estão sendo enviadas através de uma parceria da pasta com os hortos dos municípios vizinhos. São centenas de mudas de ipê mirim, limão, pitanga, cajá, ameixa, amora, crotón e margaridas, que estão sendo plantadas nas praças, pontos de ônibus e canteiros das vias públicas.

A escolha de árvores frutíferas simboliza o resgate da cultura de produção do município, como explica o secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Abílio Pereira. “Queremos resgatar a história da produção de frutíferas na cidade. Esperamos que a população, principalmente as crianças, conheçam as frutas e saibam todo o processo antes de chegar nos mercados”.

No último dia 10, durante a edição do ‘Mutirão de Serviços’, a praça de Apolo II recebeu atenção especial da Prefeitura. Os canteiros que antes estavam lotados de lixo e entulho, foram limpos e preparados para serem a primeira praça agroecológica de Itaboraí. A experiência foi tão positiva que o projeto também foi levado para praça de Itambi. Os moradores desses bairros agora poderão colher legumes, verduras, frutas e hortaliças.

A Praça Alarico Antunes, no Centro, a pedido dos comerciantes e transeuntes, recebeu também mudas de ipê mirim, crotón e margaridas. Quem passa pela Av. 22 de Maio, pode acompanhar agora o desenvolvimento das árvores plantadas no canteiro central. A intenção é reflorestar toda a via que corta grande parte do município.

A Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca informa que estuda junto com as direções de 14 escolas municipais e de seis Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) implementar um projeto de horta. E que em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente buscará reflorestar a comunidade do Rato Molhado, em Rio Várzea. Itaboraí vai ficando mais verde assim.