Ex-vereador do município de Duque de Caxias foi preso hoje (19) por desvio de combustível

Um ex-vereador do município de Duque de Caxias, Baixada Fluminense, e ex-policial militar Alexsandro Mendonça Rosa, o Alex Rosa (PSL), foi preso hoje (19) na segunda fase da Operação Pit-Stop, deflagrada por policiais civis da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados do Rio de Janeiro. O homem é apontado como chefe da organização criminosa que atua em um esquema de desvio de combustíveis. Também foram presas outras quatro pessoas, que segundo a Secretaria de Polícia Civil do Rio, são envolvidas com ele. De acordo com a secretaria, todos são investigados no esquema de desvio de combustíveis.

Além de Duque de Caxias, os mandados se estendem à cidade do Rio de Janeiro. As investigações apontam que o lucro líquido da organização criminosa alcança cerca de R $1,5 milhão por mês.

A secretaria informou que a investigação começou em junho de 2020. Na época, houve uma ação em um depósito em Campos Elíseos, em Duque de Caxias, que fazia a receptação de combustível. De acordo com a pasta, no local havia quatro tanques com capacidade para 15 mil litros cada, lacres de transporte, dois caminhões-tanque e veículos do restaurante que pertencia ao então vereador.

Na primeira fase da Operação Pit-Stop, realizada em agosto de 2020, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, inclusive na residência e no gabinete do ex-vereador na Câmara de Duque de Caxias. Os policiais apreenderam telefones celulares, computadores e documentos que indicaram a participação dos envolvidos no esquema de desvio de combustível conhecido como Bica ou Baldinho. Nele, motoristas desviavam parte do material transportado para depósitos clandestinos de abastecimento.

A Polícia Civil afirmou que os depósitos clandestinos eram “estrategicamente localizados próximos às distribuidoras em Duque de Caxias, para não configurar desvio de rota”. Na avaliação da polícia, os depósitos funcionavam  “como uma espécie de Pit-Stop para os motoristas, que furtam partes fracionadas do material transportado, adulterando o lacre e ludibriando o destinatário final da entrega. O combustível desviado é redistribuído em postos de gasolina do investigado, onde é revendido a preço de mercado”.

 

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Preso em Araruama homem suspeito de integrar o tráfico do Complexo do Alemão

Um tiroteio na cidade de Araruama terminou com a prisão de um suspeito de integrar o tráfico de drogas do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na terça-feira (12).

De acordo com a 118ª DP (Araruama), policiais da distrital, em ação conjunta com a Polícia Militar, conseguiram localizar o suspeito no centro da cidade. A investigação apurou que ele estava transportando drogas para a região.

Ao ser abordado o criminoso tentou fugir. Houve perseguição e confronto. Durante a troca de tiros, o suspeito acabou baleado. Ele foi socorrido a uma unidade de saúde da região.

Seu estado de saúde não foi divulgado. Assim que receber alta, ele será encaminhado para a 118ª DP e, em seguida, ao Sistema Prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Fonte: atribunarj.com.br

Americano esfaqueia duas pessoas na Tijuca e é preso

Um americano foi preso em flagrante por esfaquear duas pessoas em um apartamento localizado na Rua Pinto Guedes, no bairro da Tijuca, Zona Norte do Rio, na tarde da última quinta-feira. O homem, que tinha residência no Brasil, estava passando uma temporada na casa das vítimas.

Segundo informações da Polícia Militar, policiais do 6º BPM (Tijuca) foram acionados para ocorrência de lesão corporal. No local, eles foram informados que as vítimas foram atacadas por golpes de facas pelo hóspede.

As vítimas foram conduzidas à UPA da Praça Saens Pena, mas já tiveram alta.

A ocorrência foi encaminhada para a 19ª DP (Tijuca). Homem foi encaminhado ao sistema prisional.

 

 

Fonte: odia.ig.com.br

Restos mortais são encontrados enterrados no quintal, em Itaboraí

Os restos mortais que podem ser de uma mulher e seus dois filhos foram encontrados, na tarde desta quarta-feira (6), enterrados no quintal da casa de um ex-policial militar, em Visconde, Itaboraí. Apesar de não haver registro de ocorrência em relação ao desaparecimento da família, o crime aconteceu em 2017.

O corpos das vítimas, a mãe de 59 anos, e os dois filhos de 38 e 35, foram encontrados pelo filho do ex policial militar, que se suicidou no último dia 23 de dezembro.

“Após a morte do pai, o filho foi até a casa limpar e encontrou uma carta. Nessa carta, o policial contava que os corpos estavam enterrados lá. Dizia também que tomou a decisão de enterrar os corpos, após encontrar o trio já executado. Ele alegou também que se matou por não conseguir conviver com essa história”, contou um policial que investiga o caso.

Segundo o ex-policial contou na carta, ele chegou em casa e encontrou o trio já sem vida e com sacos na cabeça. Por não saber o que a polícia pensaria do assunto, ele preferiu enterrar os corpos em seu quintal.

A história digna de filme de terror deixa a polícia com diversos questionamentos, dentre eles o porque da família ter desaparecido e nenhum parente ter procurado a polícia para registrar os sumiços.

Embora esteja morto, o ex policial é o principal suspeito da morte dos três.

Encontro 

Com a carta em mãos, o filho do ex- policial procurou a 71° DP (Itaboraí), que acionaram bombeiros e agentes da Divisão de Homicídios de Niterói,  Itaboraí e São Gonçalo.

“Após os bombeiros localizarem os ossos enterrados e cobertos com cimento, a equipe da DH foi ao local realizar perícia”, contou o delegado que investiga o caso.

Ele acrescentou que parentes das vítimas estão sendo procurados para prestarem depoimento e que os corpos vão passar por exame de DNA.

Os restos mortais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Tribobó (IML), em São Gonçalo.

 

Fonte: osaogoncalo

Polícia Militar prende traficante, em Rio Bonito

Policiais militares do 35°BPM prenderam na Rua Alberto Abdala Helaxel, no bairro Boqueirão, em Rio Bonito, o traficante conhecido como “Rato”.

Os agentes foram informados que o bandido estava naquele endereço, armado e vendendo drogas. Logo os PMs foram ao local, conseguindo prender o marginal e com ele, apreender um revólver calibre 38, drogas e cadernos de anotações do tráfico.

O caso que ocorreu neste sábado, foi registrado na central de flagrantes.