Rio de Janeiro: Homem procurado por extorsão há quase 16 anos em Búzios é preso

Um homem procurado pelo crime de extorsão praticado em outubro de 2005 em Búzios, na Região dos Lagos do Rio, foi preso na manhã desta quinta-feira (1º) na cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Civil, a ação foi realizada por agentes da 127ª DP (Búzios) em conjunto com policiais da 15ª DP (Gávea). O homem foi surpreendido quando tentava fugir de casa por uma área de mata localizada no bairro da Gávea.

Segundo a polícia, as investigações comprovaram que o homem e um comparsa se passaram por fiscais do IBAMA e, mediante ameaça de aplicação de multa no valor de R$ 200 mil e de demolição de imóveis construídos em terrenos de vítimas no bairro Praia Brava, exigiram o pagamento de R$ 10 mil para as vítimas.

O homem preso nesta quinta foi condenado a 5 anos e 4 meses de prisão.

Após a prisão e o cumprimento das formalidades, o homem foi colocado à disposição da Justiça para cumprimento da pena. Ele foi encaminhado para um presídio em Benfica.

Fonte: g1.globo.com

Rio de Janeiro: PF prende duas pessoas no em ação contra fraude no auxílio-emergencial

Duas pessoas foram presas em Cabo Frio, na Região dos Lagos, suspeitas de envolvimento em um esquema de fraude no recebimento do auxílio-emergencial – benefício pago pelo governo federal a pessoas em situação vulnerável por conta da pandemia de Covid-19.

Também foram cumpridos pela Polícia Federal mandados na capital do Rio de Janeiro. Ao todo, foram expedidos 12 mandados de prisão no âmbito da Operação “Et Caterva”, que investiga as fraudes no auxílio e em precatórios judiciais.

Além de Cabo Frio – onde foram presos uma servidora da Caixa Econômica e um advogado – e Rio, equipes da corporação também foram a endereços em Iguaba (Região dos Lagos) e Campos dos Goytacazes (Norte Fluminense).

A ação da PF no Mato Grosso contou com o apoio da Caixa Econômica Federal e a participação de cerca de 300 agentes em todo o Brasil.

Os policiais foram às ruas para cumprir 12 mandados de prisão e 77 ordens de busca e apreensão e sequestro de bens. Também foram expedidas pela Justiça nove medidas de suspensão do exercício da função pública.

Os mandados foram expedidos pelo Juiz da 5ª Vara Federal da Seção Judiciária de Cuiabá (MT), para serem cumpridos no Mato Grosso e em outros 11 estados brasileiros.

As investigações, segundo a PF, mostraram que os auxílios e precatórios eram desviados pela organização criminosa para outras pessoas envolvidas no esquema.

Os investigadores suspeitam que crimes envolvam R$ 13 milhões em precatórios judiciais e mais de R$ 2,7 milhões em tentativas de saques do auxílio em várias regiões do país.

A investigação também apontou que a quadrilha cooptava servidores da Caixa, que entregavam informações sobre precatórios à disposição para saque.

Os policiais constataram, ainda, a participação de um servidor do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso, advogados e funcionários públicos.

Como funcionava

A polícia detalhou que o esquema funcionava com a produção de documentos falsos, criados a partir de dados dos beneficiários dos precatórios e fotografias dos golpistas. Com isso, os suspeitos iam aos bancos e faziam os saques.

Depois que eles conseguiam levantar o valor de precatório, o total era distribuído por várias contas, para tentar ocultar a origem do dinheiro.

Assim que a Caixa suspendeu, temporariamente, o pagamento de precatórios, os criminosos foram atrás do auxílio-emergencial. A PF conseguiu apurar que foram feitos 1.570 saques de benefícios, entre os meses de abril de 2020 e março de 2021.

O nome da operação –”Et Caterva” –, em latim, é uma expressão pejorativa que dá a ideia de um grupo de comparsas.

Fonte: g1.globo.com

Rio: Carro oficial de secretário de Fazenda é recuperado após assalto

Menos de duas horas depois de o carro oficial da Prefeitura do Rio cedido ao secretário municipal de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo, ser roubado no Centro da cidade, o Corolla Toyota preto foi recuperado abandonado no Morro dos Prazeres, em Santa Teresa, na região central, na tarde de domingo. O economista foi surpreendido por dois homens armados, que estavam em uma moto, na esquina das ruas Joaquim Palhares e João Paulo I, ao sair de uma reunião com o prefeito Eduardo Paes, conforme informou o colunista Ancelmo Gois.

De acordo com o depoimento prestado por Pedro Paulo na 6ª DP (Cidade Nova), os criminosos pararam na frente do veículo por volta de 13h40m e gritaram: “Sai do carro! Deixa tudo dentro do carro!”. O secretário, então, abriu a porta com as mãos para cima e pediu para que eles não levassem seus pertences pessoais, como telefone celular, pois eram seu material de trabalho, mas foi ignorado pela dupla.

 

 

 

Fonte: rlagosnoticias

A partir desta sexta feira as barcas que fazem a travessia Rio-Niterói têm novo horário de intervalo

A partir desta sexta-feira (19) começa a valer o novo intervalo para as barcas que fazem a travessia entre a Praça Quinze (Rio) e a Praça Arariboia (Niterói). A linha vai funcionar com intervalos de até 30 minutos nos horários de pico. Ou seja, das 5h30 às 9h e das 16h às 18h.

Antes da mudança, as embarcações saíam de 15 em 15 minutos.

Nos outros horários e também aos sábados, domingos e feriados, o intervalo vai ser de uma hora.

A Secretaria Estadual de Transportes (Setrans) disse que houve uma queda de quase 75% no número de passageiros por causa da pandemia. A medida que determinava que o embarque nas viagens fosse limitado ao número de assentos disponíveis na embarcação também caiu.

Agora, as barcas podem fazer a travessia com a capacidade total.

Fonte: g1.globo.com

ANITTA É INTERNADA POR INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

Anitta está internada em uma clínica da Zona Sul do Rio depois de ser diagnosticada com uma severa intoxicação alimentar. A cantora começou a se sentir mal na tarde da última terça-feira, e foi encaminhada por familiares para a clínica. Segundo a equipe médica que cuida da artista, ela vai precisar passar mais tempo internada, e ainda sem previsão de alta.

Procurada, a assessoria de Anitta confirmou a internação.

 

 

Fonte: extra.globo.com