Cabo Frio, na Região dos Lagos, volta a receber cinco frequências semanais de voos da Azul

O Aeroporto de Cabo Frio, na Região dos Lagos, volta a receber cinco frequências semanais de voos da Azul.

A rota contemplada tem como destino o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte.

Até o mês de março de 2022, os voos são realizados entre quinta e segunda-feira em aeronaves com capacidade para 70 passageiros.

 

Crédito: https://bandnewsfmrio.com.br/

Prefeitura de Maricá realiza 4º Seminário Empresarial de Turismo no dia 30 de agosto

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Promoções e Projetos Especiais e da Secretaria de Turismo, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) e a Federação de Convention & Visitors Bureau do Estado do Rio de Janeiro (FC&VB-RJ) realizará o 4° Seminário Empresarial de Turismo de Maricá. O encontro, que reúne empresários locais e de outras cidades, acontece no dia 30 de agosto, no Espaço Diamond Eventos (Rua Clarice Lispector, 54A – Itapeba, Maricá), a partir das 9h. As inscrições, com vagas limitadas, são feitas no site do evento (veja aqui).

Na 4ª edição, o seminário abordará temas voltados para a retomada do turismo pós-pandemia, em especial assuntos relacionados ao setor de meios de hospedagem e os projetos que serão executados pela Prefeitura de Maricá e a Codemar em 2022. Mais informações: https://seminarioempresarial.tur.br/

 

Serviço:

4º Seminário Empresarial de Turismo de Maricá

Local: Espaço Diamond Eventos (Rua Clarice Lispector, 54A – Itapeba)

Data: 30 de agosto (segunda-feira)

Horário: 9h

 

Programação:

9h – Recepção e Credenciamento

10h – Cerimônia de abertura

10h30 – Painel 1 – O setor de hotelaria no Brasil – ações e projetos para a retomada dos eventos.

11h30 – Painel 2 – Novo cenário pós pandemia: Quais as áreas do setor de turismo mais promissoras para 2022.

12h – Intervalo para almoço.

14h – Painel 3 – Turismo Rural em Maricá – Estratégias para envolver toda a cidade no projeto.

15h – Painel 4 – Projetos e ações em curso para o desenvolvimento social, ambiental, econômico, cultural e turístico no município de Maricá.

Subtema 1 – Projetos na área da cultura.

Subtema 2 – Projetos na área do desenvolvimento econômico.

Subtema 3 – Projetos na área da agricultura.

Subtema 4 – Projetos na área da sustentabilidade.

Subtema 5 – Projetos na área do turismo e infraestrutura.

18h – Encerramento

Começa o Festival Gastronômico de Aldeia Velha, em Silva Jardim. Evento será realizado até o dia 29

Começou no último fim de semana o Festival Gastronômico de Aldeia Velha, em Silva Jardim. Até o dia 29 de agosto, 10 restaurantes servirão pratos que custam a partir de R$ 34,90. O objetivo do festival é movimentar a economia local e atrair turistas para a região, que é conhecida pelas belezas naturais.

De acordo com a organização, cada restaurante tem dois pratos diferentes inscritos no festival, produzido com iguarias locais, e haverá uma votação virtual, através de QR Code, para eleger o melhor prato, a apresentação, e o sabor. O evento está sendo realizado pela agência Aldeia Velha Ecotur, com o apoio do comércio local.

 

Fonte: Informe RJ

Férias de julho marcam a forte retomada do turismo no Rio de Janeiro

As férias de julho foram motivo de comemoração para o setor turístico no estado. Isso porque, segundo levantamento da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), o interior fluminense fechou o mês com 51,05% de quartos de hotéis reservados.

 

Por conta da época do ano, o estudo aponta maior procura por destinos localizados na Região Serrana. Vassouras, no Vale do Café, se destaca com 83% de ocupação hoteleira no mês. Há outros municípios que mostram dados positivos, como Petrópolis, na Serra Verde Imperial, que marcou 53% de ocupação há dois anos e agora apresentou 75%. A região das Agulhas Negras, que tradicionalmente registra bons números durante o inverno, também apontou um crescimento em comparação a 2019. É o caso de Itatiaia/Penedo, que marcou 44% e agora atingiu 55% de quartos reservados. Seguindo a tendência padrão dos viajantes, o público chegou, prioritariamente, por meio de viagens rodoviárias, e os grupos familiares se destacaram.

 

Para a Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ), o levantamento aponta uma tendência já identificada para o turismo na retomada das atividades: viagens de curta duração, que podem ser feitas de carro ou ônibus. Ações como a campanha digital “Férias RJ” foram destaque no mês, como incentivo à visita ao Rio de Janeiro, que segue os mandamentos do Turismo Consciente. Gustavo Tutuca, secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, ressaltou a origem da grande maioria dos viajantes.

 

– Pela pesquisa fica claro que, neste momento, os destinos próximos ao local de origem dos visitantes são os mais procurados. Os moradores do estado do Rio se destacam como os principais hóspedes, seguidos por residentes em estados vizinhos, como Minas Gerais e São Paulo. Essa constatação vem ao encontro da nossa próxima campanha, direcionada a esse público.

 

A comparação entre os dados de julho de 2019 e de 2021 é fundamental para saber o comportamento dos visitantes na retomada e para orientar ações e projetos que incentivem, cada vez mais, o aumento do fluxo turístico para o Rio de Janeiro. Alfredo Lopes, presidente do Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município (Hotéis Rio) e conselheiro da ABIH-RJ, disse que os números são considerados positivos pelo setor.

 

– O interior do estado está na dianteira da retomada, e os hotéis têm feito um trabalho sólido de enfrentamento da pandemia. Alguns destinos sazonais registram índices bastante acima da média, como é o caso de Petrópolis, onde recentemente realizamos a nossa primeira edição do Procap Interior, programa de capacitação da ABIH-RJ para agentes, operadores e imprensa, com o objetivo de fomentar a atividade turística no destino.

 

Segundo os dados restantes, a ocupação hoteleira neste período chegou a 70% em Nova Friburgo, na região turística Serra Verde Imperial, e a 75% em Valença/Conservatória, no Vale do Café. Cidades do litoral também mostraram bons resultados, como Paraty, na Costa Verde, que pontuou 61,9%; Macaé, com 67,8%, e Rio das Ostras, com 53%, ambos localizados na Costa do Sol.

Arraial do Cabo recebe visita de baleias e encanta turistas

Quem estava no mar de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, pôde observar grupos dos mamíferos passando no local. As baleias, que procuram o litoral do Rio de Janeiro em períodos de reprodução, encantam cariocas e turistas. Nos meses de junho a agosto, elas saem do sul do continente em direção ao sul da Bahia.

De acordo com especialistas, pelo menos, 20 mil baleias, geralmente das espécies franca e jubarte, passam pelo litoral do Rio nessa temporada.

Elas chegam a medir 16 metros e a pesar 30 toneladas. Além de Arraial do Cabo, os animais já foram flagrados nas praias da capital fluminense e também em Niterói.

 

Créditos: Band News FM Rio