Filha de vendedor desaparecida a mais de um ano

O vendedor Verilson Leonardo Cabral, de 50 anos, morador da Engenhoca, na Zona Norte de Niterói, passa por um drama há mais de um ano. Ele está à procura de sua filha, Tayssa Pereira Cabral, de 7 anos. Verilson explica que não consegue localizar a menina e que o último contato com ela aconteceu em meados do ano passado.

De acordo com Verilson, a menor estaria com sua ex-companheira, mas em um enderço ainda desconhecido. Segundo ele, a Justiça havia determinado a guarda compartilhada da criança, assim como uma medida protetiva, acrescentando que após o falecimento da avó de Tayssa, a menor havia passado a morar com ele, em Niterói. Porém, após uma das visitas da mãe da criança, a menina foi levada para o bairro de Neves (na comunidade da Coruja), e desde então Verilson não conseguiu mais localizar a filha.

“Compareci nas DEAMs (Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher), de Niterói e São Gonçalo, que passaram a realizar um trabalho de levantamento e buscar a localização, mas ela ainda não foi encontrada. A Justiça também determinou, em caso de localização da criança, a busca e apreensão da menor, para que seja entregue a mim”, explicou.

Verilson informou ainda que segundo informações que recebeu, a menina teria sido avistada na comunidade do Martins, também em Neves. Recentemente, ele foi mais uma vez informado que sua ex-companheira, identificada como Tatiana Conceição Pereira, teria se mudado para um dos municípios da Região dos Lagos, possivelmente Rio das Ostras, e que estaria trocando constantemente de endereço e telefone, segundo ele para não ser localizada e notificada pela Justiça, que está com dificuldades para cumprimento da decisão.

 

Fonte: atribunarj.com