Médico que morreu em Itaipuaçu estava com suspeita de coronavírus

A Prefeitura de Maricá confirmou no início da tarde desta quinta-feira (26) que o médico que morreu na unidade de  Emergência Santa Rita, estava entre os casos suspeitos de coronavírus na cidade.

Segundo a prefeitura, o homem, de 62 anos, deu entrada às 4h da manhã no posto de saúde, em Itaipuaçu, com aparentes sinais de um infarto. Apesar das tentativas de reanimação, ele não resistiu e faleceu.

O paciente, que é médico na rede pública de Saúde em São Gonçalo, residia em Niterói e tinha também casa de praia em Itaipuaçu. Possuia histórico de cardiopatia e diabetes, era obeso e estava em quarentena por ter apresentado sintomas associados ao coronavírus, mas em situação estável.

A secretaria de Saúde do município já entrou em contato com as autoridades estaduais para solicitar prioridade no exame do material coletado e que se encontra no Laboratório Noel Nutels (Lacen), aguardando análise.