Zona Portuária do Rio vai ganhar roda-gigante inspirada em atração de Londres

O Rio de Janeiro vai ganhar, em novembro, uma atração especial. O Porto Maravilha, localizado nas proximidades da Praça Mauá, na Zona Portuária da cidade, vai receber no início do mês a Rio Star, uma roda-gigante de 88 metros inspirada na London Eye, conhecido ponto turístico da cidade de Londres, da Inglaterra. O projeto terá capacidade para cerca de 400 pessoas, e a expectativa é que receba até 3 mil visitantes todos os dias.

As obras já começaram em maio deste ano e agora está na fase de instalação das 54 cabines climatizadas, que terão capacidade para até oito pessoas. A montagem tem previsão de terminar até outubro, quando passará por testes que vão permitir a inauguração no mês seguintes. Da roda-gigante, será possível admirar a vista da Baía de Guanabara, do Cristo Redentor, do Sambódromo e de toda a Zona Portuária da cidade.

Projeto foi inspirado em atração londrina famosa (Foto: Reprodução/Internet)

“O Rio é considerado o cartão-postal do Brasil e o principal destino turístico nacional de viajantes de todo o mundo. Investir no Rio é um prazer. Temos o objetivo ambicioso de sermos reconhecidos como uma das principais atrações turísticas, oferecendo entretenimento e atendimento de altíssimo nível”, afirma Fábio Bordin, CEO da FW Investimentos, empresa responsável pela Rio Star.

A expectativa é que a Rio Star gere, diretamente, 100 empregos, e mais de 50 empregos indiretos. A roda-gigante está sendo construída próximo ao AquaRio, maior aquário da América Latina. “São novas opções para o carioca, e turistas do Brasil e do mundo. É fundamental estarmos engajados em contribuir para que esta revitalização [do Porto Maravilha] seja um esforço contínuo. Empreendimentos como a Rio Star, o AquaRio e o Museu do Amanhã têm um papel importantíssimo para esse objetivo”, ressalta Fábio Bordin.

Previsão é que roda-gigante seja inaugurada em novembro (Foto: Bruno Bartholini/Cdurp/Divulgação)

A previsão é que a Rio Star funcione diariamente, das 10h às 18h. O ingresso para o passeio deve custar R$ 49, mas ainda se estuda a possibilidade de promoções e de pacotes que abranjam outras atrações no local. Também será possível reservar uma cabine exclusiva na roda-gigante.

Segundo o gerente de desenvolvimento econômico e social da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), mais de três milhões de pessoas anualmente passam pelo chamado “Boulevard Olímpico”, somando as visitas no Museu do Amanhã, no Museu de Arte do Rio e no AquaRio, além de eventos de grande porte e turistas que chegam em navios. “A Praça não havia sido pensada para grandes eventos, mas se tornou referência nessa questão e o Poder Público se adequou à demanda. Queremos que esse corredor cultural se estenda a outras áreas da região portuária”, afirma.