Polícia Federal e ICMBio cumprem mandados em Rio Bonito e Silva Jardim em operação contra caça de animais silvestres

A Polícia Federal (PF), em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) cumpriram ontem (2) mandados de busca e apreensão nas cidades de Rio Bonito, Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Macaé e Rio das Ostras na operação Prohibitus, que visa desmantelar uma quadrilha especializada na caça de animais silvestres em reservas biológicas.

A ação também contou com apoio do 32º BPM de Macaé e do Batalhão de Operações com Cães, o BAP. Suspeitos também foram presos na ação em que cães de caça, armas e animais abatidos foram apreendidos.

Cães utilizados para caça também foram apreendidos na operação (Foto: Divulgação/PF)

De acordo com a investigação, o grupo atuava na Reserva Biológica de Poço das Antas, que abrange áreas dos municípios de Silva Jardim e Casimiro de Abreu, na Reserva Biológica União e na Área de Proteção Ambiental da Bacia do Rio São João, que também engloba Rio Bonito.

Ainda de acordo com a PF, a investigação decorreu ao longo de quatro meses. O grupo promovia a caça e o abate de dezenas de animais silvestres semanalmente, tanto para consumo próprio, quanto para venda. Os suspeitos podem responder criminalmente por crime ambiental, além de posse de arma de fogo.