Adiado, Carnaval de rua do Rio 2021 só acontecerá com população vacinada

O Fórum Carioca de Blocos, formado pelas principais ligas decidiu por adiar o carnaval de rua 2021 enquanto a população não estiver completamente vacinada contra a Covid-19. De acordo com a presidente da Associação Independente de Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro da Cidade do Rio de Janeiro (Sebastiana), Rita Fernandes, eles ainda vão aguardar o posicionamento das autoridades sanitárias e do governo, mas que há poucas chances dessa decisão ser diferente.

A presidente também concordou com a decisão da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) de adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro de 2021. Questionada sobre uma possível data, Rita foi direta.

“Não temos uma data para anunciar para fazer o carnaval de rua. Sabemos que, depois de julho, já não faz sentido, fica impossível até pelos calendários da cidade. Vamos aguardar até o fim do ano para tomar uma decisão inclusive em relação ao anúncio de uma nova data”, disse ela.

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro de 2021, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada na noite de ontem (24), durante reunião entre representantes das agremiações.

De acordo com o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, como ainda não se sabe se haverá uma vacina até o carnaval, não haverá tempo hábil para as agremiações se prepararem.