ALERJ abre campanha outubro rosa com iluminação especial do Palácio Tiradentes

às
FOTO PARA SITE MODELO (1)

Um ato nas escadarias do Palácio Tiradentes, com a presença do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Rodrigo Bacellar (PL), e de várias deputadas, marcou nesta quarta-feira (04/10) a abertura da campanha Outubro Rosa, cujo objetivo é conscientizar as mulheres sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero. Sede histórica da Alerj, o prédio ficará iluminado na cor rosada ao longo de todo este mês.

Bacellar destacou a importância de sensibilizar as mulheres sobre a prevenção à doença. “Nosso compromisso, no Legislativo, é abordar essa questão em benefício das mulheres. Aprovamos leis, desenvolvemos cartilhas e como parte da campanha um mamógrafo vai estar presente no Largo da Carioca para a realização de exames gratuitos. Temos uma grande preocupação em combater o câncer de mama”, comentou o parlamentar, pontuado o aumento da bancada feminina na Alerj de 12 para 15 parlamentares mulheres. “Isso é muito positivo”, frisou.

Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, a deputada Renata Souza ressaltou a necessidade de incentivar exames regulares e cuidados com a saúde. “O Rio de Janeiro atualmente registra uma das maiores incidências de câncer de mama no país, de acordo com o INCA. Precisamos concentrar esforços para disponibilizar mamógrafos em toda a região metropolitana e promover discussões para expandir o acesso a exames em outras áreas do estado. A mamografia é uma ferramenta crucial para prevenir e possibilitar a cura”, disse.

Já a deputada Marina do MST (PT) chamou a atenção para a importância de atender às mulheres que vivem em áreas rurais, onde frequentemente têm contato com agrotóxicos. “As mulheres do campo são frequentemente afetadas pelo uso desses fertilizantes em suas atividades agrícolas. Recentemente, foi detectada a presença de agrotóxicos no leite materno de mulheres que consumiram alimentos contaminados”, relatou.

A deputada Martha Rocha (PDT), por sua vez, enfatizou a importância do diagnóstico precoce, com a disponibilização de mamógrafos nas unidades de saúde e entregas rápidas de resultados. “É fundamental que as mulheres recebam o resultado imediatamente, para que possam continuar o tratamento em suas regiões. Cuidar da saúde da mulher é cuidar da saúde da sociedade”, salientou.

Dani Balbi (PCdoB), a primeira deputada trans do Parlamento fluminense, destacou a importância de conscientizar as mulheres sobre os cuidados com a saúde: “É essencial que trabalhemos para informar todas as mulheres sobre as precauções necessárias com a saúde, especialmente reconhecendo a diversidade. Devemos incluir aquelas que precisam de tratamento hormonal, como as mulheres trans e travestis”.

As deputadas Carla Machado (PT) e Franciane Motta (União) também estiveram presentes no evento e reforçaram a importância dessa campanha, especialmente no que se refere à saúde preventiva.

A ação contou com a distribuição de folhetos explicativos sobre como se prevenir contra o câncer de mama, abordando temas como sintomas, fatores de risco, o que é esse tipo de doença, e destacando que um a cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto no início.

Mamografia gratuita

Nesta sexta-feira (06/10), a Comissão da Alerj de Defesa dos Direitos da Mulher, em parceria com as Secretarias de Saúde e da Mulher, oferecerá exames gratuitos de mamografia no Largo da Carioca, a partir das 10 horas. Basta levar documentos, comprovante de residência e um pedido médico.

Durante o mês de outubro, a Comissão realizará atividades de conscientização e prevenção ao câncer de mama em várias regiões do estado, como Baixada Fluminense, além do Rio de Janeiro, Niterói, Cabo Frio e Teresópolis. Haverá tendas de atendimento, das 10h às 17h, em que profissionais oferecerão orientações – Secretarias e Câmaras Legislativas locais também estão envolvidas na iniciativa.

Veja também

O número de casos — quase 50 mil — desde o início do ano é 20 vezes maior que o esperado para o período.
às
Ação solidária impacta comunidade e reforça compromisso social da Conect Internet
às
Carnaval injetou R$ 5 bilhões na economia da cidade do Rio no mês de fevereiro. O público estimado foi de 8 milhões de pessoas
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias