Médicos de SP são mortos a tiros em quiosque na Barra da Tijuca

às
FOTO PARA SITE MODELO

Quatro médicos ortopedistas foram baleados na madrugada desta quinta-feira (5) em um quiosque na Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Três morreram e um está internado.

A Polícia Civil do RJ acredita em execução, já que nada foi levado, e os criminosos chegaram atirando. Testemunhas contaram ainda que os bandidos nada falaram. Foram pelo menos 20 disparos.

Todas as vítimas eram de SP e estavam na cidade para um congresso internacional de ortopedia.

Quem são os médicos

  • Daniel Sonnewend Proença: tem 32 anos e foi levado com vida para o Hospital Municipal Lourenço Jorge com pelo menos 3 tiros. A expectativa é que ele seja transferido para uma unidade particular. Formado pela Faculdade de Medicina de Marília em 2016, ele é especialista em cirurgia ortopédica.
  • Diego Ralf Bomfim: tinha 35 anos e morreu no Hospital Lourenço Jorge após ser socorrido. Era especialista em reconstrução óssea pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
  • Marcos de Andrade Corsato: tinha 62 anos e morreu na hora. Ele faria 63 anos na próxima semana e era diretor do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).
  • Perseu Ribeiro Almeida: tinha 33 anos e fez aniversário nesta terça-feira. Ele morreu na hora. Era especialista em Cirurgia do Pé e Tornozelo pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Como foi o ataque

Os ortopedistas estavam hospedados no Hotel Windsor, na Avenida Lúcio Costa, que sedia a partir desta quinta-feira o 6º Congresso Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva do Pé e Tornozelo.

No início da madrugada, os quatro estavam em um quiosque na frente do hotel. À 0h59, um carro branco parou, e três homens de preto e armados com pistolas desceram do veículo e abriram fogo à queima-roupa.

Foram pelo menos 20 disparos. Um dos bandidos ainda voltou para atirar mais em um dos médicos que tentava se refugiar atrás do quiosque.

Agentes do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) chegaram a efetuar buscas, mas ninguém foi preso até o momento.

Governador determina rigor na investigação da morte de médicos

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, determinou ao secretário de Polícia Civil, José Renato Torres, que empregue todos os recursos necessários para chegar à autoria do crime que tirou a vida de três médicos e feriu outro, na Barra da Tijuca, na madrugada de ontem. Castro informou que entrou em contato com o ministro da Justiça, Flávio Dino, e que ele colocou a Polícia Federal à disposição das investigações. “Vamos unir forças para chegar à motivação e aos autores. Esse crime não ficará impune!”, pontuou o governador.

Imagens de uma câmera de segurança de um quiosque na Barra da Tijuca mostram que três homens desceram de um carro e atiraram contra os quatro médicos, que estavam sentados em um quiosque, na madrugada desta quinta-feira. Foram mortos Diego Ralf Bonfim, Marcos de Andrade Corsato e Perseu Ribeiro Almeida. Um quarto, mesmo ferido, conseguiu sobreviver. Eles estavam no Rio para participar de um congresso de ortopedia, que começaria hoje, num hotel localizado em frente ao quiosque onde estavam no momento do crime.
Um dos três ortopedistas mortos era irmão da deputada federal Sâmia Bomfim e cunhado do também deputado federal Glauber Braga, ambos do PSOL. A polícia investiga a possibilidade de execução, já que nada foi levado das vítimas, e os criminosos já chegaram atirando.
O PSOL divulgou nota cobrando a investigação do caso. Exigimos das autoridades competentes que investiguem esse crime de forma rigorosa e eficiente, para que os responsáveis sejam identificados e punidos de acordo com a lei”, diz trecho da nota, que também expressou sua solidariedade aos familiares das vítimas.

Crédito: g1.globo.com

Veja também

As companhias aéreas Azul e Gol anunciaram, nesta quinta-feira (23), acordo de cooperação comercial que vai conectar as suas malhas aéreas
às
Cerca de 200 ciclistas deverão participar do GP das Montanhas de ciclismo que acontece neste domingo, dia 26 de maio
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias