Beneficiários vistoriam unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida de Itaboraí

às

  Os beneficiários contemplados pelo programa Minha Casa Minha Vida, Viver Melhor – Itaboraí, no bairro Esperança, participaram da vistoria das unidades habitacionais do empreendimento, nos dias 24 e 25 (quinta e sexta-feira). A vistoria ocorreu entre os moradores e a construtora. Na ocasião, foram analisados todo o espaço, além dos acabamentos, como piso, pia, janela, porta e vidros. Em casos de eventuais problemas e defeitos detectados no imóvel, a construtora fornece um prazo para solucionar os mesmos.

         Os contemplados ainda responderam um questionário socioeconômico realizado pela equipa da Secretaria Municipal de Habitação e Políticas Sociais, com o intuito de conhecer o perfil da população que irá morar na localidade. Após a vistoria, acontece a assinatura do contrato, que passará pelo cartório, e depois a entrega das chaves, com previsão para este 1º semestre de 2019.

A vendedora de piscinas Marcilene da Silva de Paula, 34, era só felicidade com a proximidade de concretização do sonho da casa própria. “Eu fiz o cadastro três atrás e confesso que já estava perdendo a esperança de conseguir minha casa. Fiquei até surpresa quando vi o anúncio do sorteio e da vistoria. Estou muito feliz, em ter minha casa própria, um lar para cuidar do meu filho e da minha família”, disse Marcilene, que atualmente mora no quintal do sogro, em bairro Esperança.

Moradora de Ampliação, Janaína Silva Abreu, de 25 anos, não vê a hora de entrar em sua nova casa e colocar tudo em seu devido lugar. “Estou mega ansiosa, e mais ainda porque vou sair do aluguel. Mesmo que eu pague uma pequena parcela mensal, essa casa um dia será minha”, disse Janaína.

O Viver Melhor Itaboraí fica localizado na Avenida Flávio Vasconcelos, no bairro Esperança.

Veja também

Crime ocorreu enquanto a vítima viajava junto com o marido dela pelo continente asiático, segundo a embaixada do Brasil em Nova Déli.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias