Beneficiários vistoriam unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida de Itaboraí

às

  Os beneficiários contemplados pelo programa Minha Casa Minha Vida, Viver Melhor – Itaboraí, no bairro Esperança, participaram da vistoria das unidades habitacionais do empreendimento, nos dias 24 e 25 (quinta e sexta-feira). A vistoria ocorreu entre os moradores e a construtora. Na ocasião, foram analisados todo o espaço, além dos acabamentos, como piso, pia, janela, porta e vidros. Em casos de eventuais problemas e defeitos detectados no imóvel, a construtora fornece um prazo para solucionar os mesmos.

         Os contemplados ainda responderam um questionário socioeconômico realizado pela equipa da Secretaria Municipal de Habitação e Políticas Sociais, com o intuito de conhecer o perfil da população que irá morar na localidade. Após a vistoria, acontece a assinatura do contrato, que passará pelo cartório, e depois a entrega das chaves, com previsão para este 1º semestre de 2019.

A vendedora de piscinas Marcilene da Silva de Paula, 34, era só felicidade com a proximidade de concretização do sonho da casa própria. “Eu fiz o cadastro três atrás e confesso que já estava perdendo a esperança de conseguir minha casa. Fiquei até surpresa quando vi o anúncio do sorteio e da vistoria. Estou muito feliz, em ter minha casa própria, um lar para cuidar do meu filho e da minha família”, disse Marcilene, que atualmente mora no quintal do sogro, em bairro Esperança.

Moradora de Ampliação, Janaína Silva Abreu, de 25 anos, não vê a hora de entrar em sua nova casa e colocar tudo em seu devido lugar. “Estou mega ansiosa, e mais ainda porque vou sair do aluguel. Mesmo que eu pague uma pequena parcela mensal, essa casa um dia será minha”, disse Janaína.

O Viver Melhor Itaboraí fica localizado na Avenida Flávio Vasconcelos, no bairro Esperança.

Veja também

Criminosos desviaram R$ 640 mil da conta das vítimas para laranjas. Quadrilha aplicou golpe do empréstimo consignado em pelo menos 17 pessoas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias