Boechat ganhará busto na Praia de São Francisco, em Niterói

às

O jornalista Ricardo Boechat, que morreu segunda-feira (11), num acidente de helicóptero em São Paulo, será homenageado por seus amigos niteroienses com um busto no calçadão da Praia de São Francisco, bairro onde passou a infância e a juventude e onde, até hoje, mora sua mãe, Dona Mercedes. Também foi marcada uma missa para amanhã, às 19h, na Igreja de São Lucas, em Icaraí.

O prefeito em exercício Paulo Bagueira deu sinal verde para a liberação da área do calçadão, um recuo, na altura da Rua Tapuias. Falta apenas o aval da Secretaria municipal de Urbanismo. Bagueira destaca a importância de se preservar a memória do jornalista:

“Ricardo Boechat tinha uma forma única de se comunicar. Sempre com irreverência e com críticas certeiras, manteve por muitos anos seus espectadores e leitores muito bem informados. Boechat sempre demonstrou carinho especial por Niterói. O jornalista será sempre lembrado pelos niteroienses por sua atuação em defesa da cidade”.

Carlos Roberto Boechat, irmão do jornalista, disse que a homenagem será uma maneira de fazer com que se lembre da infância no bairro: “E uma forma de minha mãe matar a saudade”.

Dezenas de amigos de Boechat já se prontificaram a financiar a estátua, que será projetada pelo arquiteto Márcio Franco da Cruz, um dos responsáveis pela expansão do CasaShopping, na Barra. Ele também vai remodelar a área que receberá o busto.

Turma da Tapuia

Amigo de Boechat desde a época em que estudavam juntos no Centro Educacional de Niterói, o administrador de empresas Antônio Brondi lembra que o local que acomodará a estátua é justamente onde eles se reuniam após as aulas.

“Era o seu lugar preferido em São Francisco. Jogávamos futebol e frescobol e éramos chamados de Turma da Tapuia”,  lembra Brondi.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro sugere ainda que Boechat seja homenageado com nome de rua em Niterói. Na justificativa, o presidente do sindicato, Mário de Sousa, afirma que o Brasil e o jornalismo perderam um dos mais importantes profissionais da imprensa, considerado o maior jornalista de Opinião da atualidade:

“Ricardo Boechat exercia o jornalismo na sua plenitude de crítica e opinião, com total independência e ética. Com esta postura conquistou prêmios de jornalismo, inclusive três Prêmio Esso. Sua infância foi em Niterói, e foi coordenador de imprensa na prefeitura de Niterói na gestão do prefeito Moreira Franco”, diz um trecho da justificativa.

Fonte: Jornal O Globo

Veja também

Alternar braços, durante a vacinação não é apenas uma escolha prática, mas uma estratégia que pode resultar em melhor resultado
às
AquaRio, abre mais cedo para receber pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias circuito adaptado das 8h30 às 10h
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias