Durante sessão na Alerj, deputado Vitor Junior pede um minuto de silêncio em repúdio ao ato de racismo sofrido pelo jogador brasileiro Vinicius Jr

às
vitor
A pedido do deputado estadual Vitor Junior (PDT), os parlamentares que estavam na sessão plenária na Alerj, desta terça-feira (23), fizeram um minuto de silêncio em repúdio ao ato de racismo sofrido pelo jogador de futebol Vinicius Junior, no último domingo, e em apoio a todos que sofrem com o racismo no país e no mundo. No início da sessão, o deputado também solicitou à Mesa Diretora da Casa, o encaminhamento de uma moção de apoio ao atleta brasileiro, que atualmente joga na Espanha e mantém um projeto social para crianças em São Gonçalo, cidade do Estado do Rio onde nasceu, além de um pedido para que a Casa  possa cobrar das autoridades do governo espanhol providências em relação a este ato de agressão sofrida pelo jogador.
“Essa agressão que o Vini Jr sofreu foi tamanha que esta Casa não poderia deixar de se manifestar. O jovem brasileiro, que vem encantando o mundo dentro e fora dos gramados, tem sido vítima de revoltantes e reiterados ataques racistas. Este jovem, de apenas 22 anos, tem sido um exemplo para crianças e adolescentes do nosso Estado, é o idealizador de um projeto social muito bacana na cidade onde nasceu. Em nenhum momento abandonou suas raízes, sempre que pode está em São Gonçalo acompanhando de perto as crianças que estão em seu projeto e tentando ajudar para que a sociedade brasileira tenha mais justiça. Pensei em fazer uma moção de apoio ao jogador brasileiro, mas acho que esta iniciativa não deve ser de um só parlamentar, mas sim, de todos”, disse o deputado, que no domingo já havia manifestado sua solidariedade ao atleta em suas redes sociais.
Relembrando – No último domingo (21), o jogador brasileiro Vinicius Jr, foi, mais uma vez, vítima de um ato de racismo durante um jogo entre o Real Madrid e o Valencia, no estádio Mestalla, em Valência, no sudeste da Espanha. A torcida adversária chamou o brasileiro de macaco e outras ofensas racistas. Esta não foi a primeira vez que o atleta sofre com atos de racismo.
Fotos: Julia Passos/Alerj

Veja também

As companhias aéreas Azul e Gol anunciaram, nesta quinta-feira (23), acordo de cooperação comercial que vai conectar as suas malhas aéreas
às
Cerca de 200 ciclistas deverão participar do GP das Montanhas de ciclismo que acontece neste domingo, dia 26 de maio
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias