Em Maricá, preço alto do GNV faz motoristas preferirem gasolina

às
combustivel

Com o GNV mais caro da Região Metropolitana, Maricá tem registrado preferência dos motoristas por gasolina.

Atualmente, o valor do GNV chega a R$ 6,07m³. Isso quem afirma é a Agência Nacional de Gás Natural e Biocombustível (ANP), com base em levantamento feito entre 26 de março e o último sábado (1º).

Devido à inflação do mercado, motoristas buscam alternativas. O caminho para abastecer com gasolina comum pagando R$ 5,39 é no Posto Imbassaí (bandeira BR).

“A nossa rede não trabalha com GNV. O meu carro, por exemplo, tem. E eu rodo e não compensa, por conta do valor. A maioria das pessoas com carro GNV não está colocando esse tipo de combustível, a não ser em São Gonçalo, que é mais barato”, conta Bárbara Nunes, gerente comercial do Posto Imbassaí.

O último levantamento da ANP aponta que o preço do GNV em demais postos de Maricá é superior, por exemplo, ao da cidade de Niterói, onde o m³ chega a R$ 4,99. E Itaboraí e São Gonçalo, respectivamente, custa R$ 4,69 m³.

Na média de postos de combustíveis de Maricá, o preço máximo da gasolina comum é de R$ 5,45, conforme a ANP.

a ANP ensina que os preços são feitos pelo mercado, pelos agentes que nele atuam, como as refinarias (parte da Petrobras e parte privadas), usinas, distribuidoras e postos de combustíveis.

“Os preços dos combustíveis são livres no Brasil, por lei, desde 2002. São fixados pelo mercado. Não há preços máximos, mínimos, tabelamento, nem necessidade de autorização da ANP, nem de nenhum órgão público para que os preços sejam reajustados ao consumidor”, explica.

 

Crédito: enfoco.com

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias