Homem que agrediu empresária poderá pegar pena superior a quatro anos

às

Preso em flagrante no último domingo (18), após espancar a empresária Elaine Perez Caparroz, de 55 anos, no apartamento dela, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, Vinicius Batista Serra poderá pegar uma pena máxima superior a quatro anos de prisão.

Ontem, a Justiça decretou a prisão preventiva de Vinicius e determinou também o encaminhamento do acusado para avaliação médica psiquiátrica.

Vinícius está sendo acusado de crime de feminicídio tentado. Os policiais relataram que, ao fazer a prisão dele, encontraram a vítima gravemente ferida, constatando sangue em diversos cômodos do apartamento.

Já o segurança do condomínio contou ter acionado a polícia e que Vinicius foi detido na portaria do prédio, com as roupas manchadas de sangue.

A vítima foi encaminhada ao hospital pelo Corpo de Bombeiros e, em razão dos ferimentos, sequer pôde ser ouvida em sede policial

Após se falarem por oito meses ao se conhecerem por uma rede social, os dois marcaram o primeiro encontro para o último fim de semana. Vinicius foi autorizado por Elaine a entrar no seu apartamento na noite anterior das agressões.

Segundo autos do processo que tramita na Justiça, o acusado teria admitido ser o autor das agressões ao segurança do condomínio e a um PM, alegando que estava em surto.

“As fotos anexadas ao laudo prévio de lesão corporal demonstram a extrema gravidade das agressões às quais a vítima foi submetida. Os fatos do caso em exame revelam a alta periculosidade do agente e a necessidade da prisão cautelar como garantia da ordem pública. Ademais, a liberdade do custodiado pode gerar mais temor à vítima, que, já abalada por crime tão grave cometido em sua residência, ainda deverá comparecer em juízo para depor de forma isenta e livre de intimidações, tornando necessária a prisão cautelar por conveniência da instrução criminal, a fim de tutelar a produção da prova e não comprometer a busca pela verdade”, diz o despacho da Justiça que justificou a decretação da prisão preventiva de Vinicius.

Fonte: Portal Eu, Rio!

Veja também

Com o avanço da epidemia dengue na cidade, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS) tem tomado uma série de medidas contra a proliferação
às
O registro da Onça-parda, raro do felino macho foi feito nos dias 6 e 7 de fevereiro, por meio de armadilhas fotográficas
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias