Prefeitura de Maricá esclarece sobre transporte remunerado de passageiros na cidade

às

Nesta semana circulou na internet informações sobre ações de fiscalização que estariam sendo feitas na cidade de Maricá para coibir o transporte remunerado de passageiros. Um veículo chegou a ser rebocado realizando o serviço no Terminal Rodoviário do município.

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal de Transportes, esclareceu que o transporte de passageiros por aplicativo não está proibido no município.

De acordo com o secretário de Transportes André Luiz Azeredo da Silva, a operação realizada com o auxílio do PROEIS na última quinta-feira (14), que resultou no reboque de um veículo particular que fazia ponto em frente ao Terminal Rodoviário do Centro, foi motivada pelas cerca de 50 denúncias que a pasta recebe, normalmente de quinta-feira a domingo.

“O veículo só foi rebocado porque estava fazendo ponto no local de táxi. Não existe proibição do serviço particular através de aplicativos em Maricá. O que existe é uma fiscalização da atividade, porque os motoristas que trabalham com esta modalidade devem atender aos chamados dos clientes e não podem fazer ponto, principalmente em locais onde são regulamentados os pontos de táxi, moto táxi e van”, afirmou André.

Vale ressaltar que, além dos motoristas de aplicativo, também estão sendo fiscalizados veículos de municípios vizinhos que estão fazendo lotada em Maricá.

”Estamos nos empenhando junto ao poder legislativo para regulamentar está atividade, sem prejuízo a categoria de taxistas que já exercem o serviço similar em nossa cidade”, destacou André.

Veja também

A futura horta comunitária é fruto do trabalho dos Jovens Agricultores Orgânicos e dos Paisagistas Mirins da Fundação Municipal Casimiro
às
Como parte da comemoração pelos 210 anos do município de Maricá, a Esquadrilha Céu fará acrobacias e desenhos com fumaça
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias