MEC confirma a falta de mais da metade do inscritos no ENEM 2020

às

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) confirmam que a abstenção no Enem 2020 foi de mais da metade dos candidatos inscritos. Os dados foram divulgados em entrevista coletiva, na noite deste domingo (17).

Segundo os órgãos, dos 5.523.029 estudantes aptos a fazer a prova hoje, apenas 2.680.697 compareceram, enquanto outros 2.842.332 faltaram. Isto significa abstenção de 51,5%. O MEC atribui as faltas ao medo do contágio pelo novo coronavírus.

O Inep afirma que candidatos que apresentaram sintomas de covid-19 ou outra doença infectocontagiosa deverão solicitar a participação na reaplicação do exame entre os dias 25 e 29 de janeiro. As novas datas de aplicação serão 23 e 24 de fevereiro.

Cabe ressaltar que a orientação é que esses participantes não compareçam aos locais de prova. Devido aos efeitos da pandemia do novo coronavírus, os candidatos do estado do Amazonas também farão as provas nos dias 23 e 24 de fevereiro.

O Enem impresso começou a ser aplicado neste domingo e segue no próximo domingo (24). Na redação, os alunos precisam escrever sobre O Estigma Associado às Doenças Mentais na Sociedade Brasileira. Os estudantes também fizeram as provas objetivas de linguagens e ciências humanas, com 45 questões cada.

 

Fonte: atribunarj.com.br

Veja também

Maricá subiu nove posições no ranking que mede a qualidade das informações fiscais e contábeis enviadas ao Tesouro
às
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, inaugurou uma nova unidade da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), em Rio Bonito
às
A prefeitura de Rio Bonito inaugurou nessa terça-feira (18), os dois Laboratórios de Iniciação Científica “Intramuros”
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias