Militar é morto e tem corpo lançado no mar do Recreio em cima de prancha

às
6

O corpo do militar do Exército Leandro Leite Carvalho, de 29 anos, foi encontrado na quinta-feira (20), na Restinga da Marambaia, na Zona Oeste do Rio, após passar 14 dias desaparecido.

O paraquedista foi rendido e morto por criminosos. Depois, eles abandonaram o corpo do militar no mar sobre uma prancha. Leite, como era conhecido, será sepultado neste domingo (23), às 14h, no Cemitério Jardim Sulacap.

A Polícia Civil investiga se traficantes que atuam no Posto 12, no Recreio, teriam confundido Leandro Leite com um miliciano e assim resolvido atacar o militar.

De acordo com o registro de ocorrência de desaparecimento, registrado na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) consta que o paraquedista estava com dois amigos quando homens armados se aproximaram do trio.

Ao suspeitar da ação do grupo de criminosos, Leite pediu para que seus amigos pegassem no carro a arma que possui. Assim que a arma chegou em suas mãos, os homens começaram a atirar na direção do militar e de seus amigos.

O paraquedista foi então baleado e morreu no local. Um dos tiros atingiu um dos amigos que se feriu.

Testemunhas contaram que os criminosos pegaram o corpo do militar e colocaram em uma prancha de surf e botaram no mar.

Leandro Leite de Carvalho deixa um filho de 3 anos.

O militar era vigilante e produtor de conteúdo. A ida ao luau era para produzir vídeos para as suas redes sociais.

Crédito: g1.globo.com

Veja também

Seguindo a resolução da Lei Estadual 5.198, de 2008, o dia 23 de abril é considerado feriado em todo o estado
às
O Festival Art&Bier encerrou seu primeiro fim de semana neste domingo (21/4) com um público acima do esperado na tenda
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias