Motorista que matou jovem atropelado em Rio das Ostras segue foragido

às

A Justiça determinou a prisão de Cosme Luiz dos Santos, de 64 anos, acusado de perseguir e matar o motociclista David Pires, de 20 anos, em Rio das Ostras. Nesta terça-feira (5), a polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do motorista, mas o acusado não foi encontrado. O carro dele foi rebocado e vai passar por perícia.

O mandado de prisão foi expedido nesta segunda-feira (4). De acordo com os depoimentos de testemunhas colhidos pela Polícia Civil, o homem foi atrás do motociclista porque ele teria esbarrado no espelho retrovisor do carro.

Cosme Luiz vai responder por homicídio doloso (quando há intenção de matar) por motivo fútil. O caso foi enquadrado como crime hediondo. A pena pode ser de até 30 anos de prisão.

O atropelamento aconteceu na noite de sábado (2) em frente ao Fórum. David foi perseguido até a Praia da Tartaruga, e de acordo com o relato das testemunhas, o motorista jogou o carro contra a moto. O condutor perdeu o controle da direção e bateu em duas árvores.

O corpo de David foi sepultado, na tarde de domingo (3) no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, no bairro Âncora.

O motorista, que está com a carteira de habilitação cassada, chegou a dizer para os policiais, que conseguiram fazer contato por telefone, que iria até a delegacia, mas não apareceu. Cosme Luiz não estava em casa na manhã desta terça quando os policiais cumpriram o mandado de busca e apreensão.

Fonte: Jornal O São Gonçalo

Veja também

Encerradas definitivamente, sistema de transferências via DOC, um dos mais tradicionais meios de pagamentos bancários por décadas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias