MP resgata cerca de 100 pacientes de clínica em Nova Iguaçu; dono é preso por maus-tratos e cárcere privado

às
8

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) interditou na manhã desta segunda-feira (10) uma clínica de idosos e de reabilitação em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O dono do Centro de Tratamento Ribeiro, Edmilson Messias Ribeiro Júnior, foi preso por maus-tratos e cárcere privado e levado para a 52ª DP (Nova Iguaçu).

Pelo menos 100 pessoas foram resgatadas do espaço, no bairro Grão-Pará. Muitas estavam debilitadas e contaram que eram impedidas de sair.

O g1 apurou que a instituição vinha há anos se esquivando da Justiça, mesmo com uma ordem de fechamento em aberto, e mudava de nome a fim de continuar aberta.

O advogado de Edimilson, Leonardo Mazzutti, afirmou que não havia proibição ou interdição do local, que os pacientes eram divididos por sexo, faixa etária e enfermidade. Disse também que “será realizada perícia de local para verificar se a denúncia de que crimes foram praticados no local tem fundamento” e que “quando a defesa tiver acesso total a investigação, será possível tecer maiores comentários”.

Crédito: g1.globo.com

Veja também

As companhias aéreas Azul e Gol anunciaram, nesta quinta-feira (23), acordo de cooperação comercial que vai conectar as suas malhas aéreas
às
Cerca de 200 ciclistas deverão participar do GP das Montanhas de ciclismo que acontece neste domingo, dia 26 de maio
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias