Operação prende suspeitos de liderar milícia em Itaboraí

às

Uma operação da 71ª DP de Itaboraí prendeu na noite da quarta-feira (23) dois suspeitos de liderar o principal grupo de milícia em Itaboraí. Felipe César dos Santos, o Pietro, e Thiago de Souza Gonçalves foram presos em um posto de combustível na Avenida 22 de Maio, no Centro da cidade, após a investigação apurar que os dois se encontrariam no local.

Os suspeitos estavam armados. Com eles, foram apreendidos duas pistolas de uso restrito, munições e um veículo da Hyundai de modelo IX35. Pietro seria o braço direito do chefe da milícia, que está preso atualmente. Thiago é da milícia de Curicia, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, e seria apontado como uma ligação entre os dois grupos paramilitares.

“Agimos antes da criança chegar, até para diminuir os riscos. São criminosos que não possuem hábitos de circularem pelas ruas. Então, nosso setor de inteligência foi bem preciso, por isso conseguimos realizar a captura”, conta Leonardo Macharet, delegado da 71ª.  Os suspeitos foram presos em flagrante por porte de arma ilegal e integração de milícia. “Com a prisão do 01 e do 02 ao mesmo tempo, a gente acredita que o grupo terá uma certa dificuldade de se reorganizar. Pelo menos durante um período, essas prisões devem desarticular esse grupo”, continuou Leonardo.

Os acusados ainda são suspeitos de cometerem homicídios. As armas que foram apreendidas com a dupla passarão por perícia para averiguar se teriam sido utilizadas nos crimes, que estão sendo investigados pela Delegacia de Divisão de Homicídios.

Veja também

Light afirma que teve que fazer uma parada emergencial por causa de um defeito na rede subterrânea.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias