Prefeitura de Cabo Frio prepara esquema especial de limpeza para o Carnaval

às

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Comsercaf, preparou um esquema especial de limpeza da cidade durante o Carnaval. Nos dias de folia, cerca de 700 mil turistas são esperados, e para recolher o lixo produzido por tanta gente, a autarquia preparou um de plantão de funcionários e equipes serão remanejadas para acompanhar os desfiles dos blocos. A expectativa é que sejam recolhidas em média, 400 toneladas de lixo por dia. Aproximadamente mil colaboradores farão a varrição e coleta de resíduos.

No Centro da cidade, as equipes vão se concentrar nos locais com maior fluxo de pessoas, como orla e Praça da Cidadania. O trabalho terá início às 5h, onde 30 funcionários farão o recolhimento dos resíduos com o auxílio de quatro retroescavadeiras, oito caminhões caçamba e dois graneleiros. Das 16h à 1h, outra equipe inicia a limpeza da área do Bolsão da Juju até a Avenida Litorânea, onde irá se concentrar a maioria dos blocos. A Praia do Forte receberá um mutirão de coleta duas vezes por dia: um a partir das 5h e outro às 17h.

No Peró, a coleta do lixo domiciliar vai iniciar uma hora mais cedo o que o habitual: às 6h. Quatro tratores e três caminhões toco ficarão encarregados de auxiliar os funcionários na limpeza do bairro e das praias do Peró e Conchas. Já na Ilha do Japonês, os colaboradores contarão com o auxílio de uma embarcação para fazer a retirado dos resíduos.

No Segundo Distrito, a partir das 4h30, mais de 70 funcionários vão se dividir para fazer a limpeza da orla e praia. As equipes também irão acompanhar os blocos para fazer a coleta do lixo descartado pelos foliões.

“Como o aumento populacional é substancial neste período, é importante que as pessoas evitem o descarte de móveis, entulhos e inservíveis em geral, pois o serviço estará voltado para limpeza das praias, varrição e coleta de lixo domiciliar. Também é importante que a fiscalização atue com máxima atenção, não permitindo que os motoristas estacionem em filas duplas em ruas estreitas, para que os caminhões da Comsercaf possam trabalhar com agilidade e segurança” – diz Dario Guagliardi, presidente da autarquia.

Veja também

Encerradas definitivamente, sistema de transferências via DOC, um dos mais tradicionais meios de pagamentos bancários por décadas.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias