Carioca começa neste sábado; confira a preparação das equipes do interior

às

O Campeonato Carioca, mais uma vez iniciado no fim de dezembro – com a disputa da Primeira Fase, valendo vaga para a disputa na elite -, começa com a presença dos grandes neste sábado. No Grupo B, Fluminense e Vasco têm a companhia de Americano, Madureira, Portuguesa-RJ e Volta Redonda. No Grupo C, Botafogo e Flamengo disputam contra Bangu, Boavista, Cabofriense e Resende.

Fluminense e Vasco estreiam no sábado, Flamengo e Botafogo, no domingo. O gigante da colina, que agora conta com o meio-campista Bruno Cesar, encara o Madureira em Conselheiro Galvão, às 17h. Já o tricolor, que está prestes a anunciar a contratação do também meio-campista Ganso, enfrenta a Volta Redonda, às 19h, no Maracanã. No domingo, o rubro-negro, de Arrascaeta e Gabigol, terá pela frente a equipe do Bangu. O jogo acontece no Maracanã, às 17h. O Botafogo joga contra a Cabofriense no Moarcyzão, às 19h.

Times de interior se reforçam para a disputa

Boa Vista

Considerado a quinta maior força do Rio de Janeiro em termos de investimento, o Boavista aposta mais uma vez em nomes conhecidos do futebol brasileiro, como o zagueiro Rafael Marques, ex-Botafogo, Atlético-MG e Vasco, além dos meia Tartá, ex-Fluminense, e Carlos Alberto, rodado por vários clubes. Finalista da Taça Guanabara em 2018, o clube terá Eduardo Allax no comando pelo segundo ano seguido. A grande aposta fica por conta do volante Ralph, emprestado pelo Atlético-MG.

Cabofriense

A Cabofriense vai apostar em nomes não tão conhecidos desta vez, ao contrário dos anos anteriores, quando entrou na competição com Leandro Euzébio, Leandro Bochecha e Cláudio Pitbull. Para o estadual, terá o retorno do atacante Abner, grande promessa do clube, mas que rompeu os ligamentos do joelho em 2019. O técnico é Luciano Quadros, que fez um bom trabalho pelo Sampaio Corrêa-RJ na última segundona.

Volta Redonda

Após período de treinamentos em Vassouras, interior do Rio de Janeiro, o Volta Redonda chega para o Carioca como uma das principais forças entre os chamados pequenos do estado. Toninho Andrade comanda a melhor equipe do Rio de Janeiro entre as divisões inferiores do Brasileirão, que aparece sem figurões. O destaque do time é o meio-campista riobonitense, Marcelo Oliveira, que volta a vestir a camisa do Volta Redonda após um curto período atuando pelo CRB de Alagoas.

Resende

O Resende aparece no Campeonato Carioca com uma marca importante: a equipe fez a melhor campanha na história da Seletiva do estadual. A força, contudo, apareceu muito do banco de reservas, responsável por grande parte dos gols na campanha até a elite. Alexandro Créu, ex-jogador do Botafogo, é cara mais conhecida do grupo.

Americano

Campeão da Segundona de 2018, o Americano volta a disputar a elite do futebol do Rio de Janeiro, o que não acontecia desde 2012. A equipe é comandada por Josué Teixeira, que assumiu no ano passado. Na Seletiva, o time ficou na segunda colocação, atrás apenas do Resende. O clube segue apostando na base de 2018, apesar das perdas dos artilheiros Cláudio Maradona e Maikon Aquino.

Veja também

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, abriu nesta segunda-feira (04/03) o segundo polo de atendimentos à dengue
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias