Carros de aplicativos são proibidos de cobrar por ar-condicionado

A definição foi publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira (8). Enquanto não houver adaptação, todos os veículos precisarão andar com ar-condicionado ligado.
às
Screenshot_2
Motorista da Uber cobra taxa extra para ligar ar-condicionado no Rio — Foto: Arquivo Pessoal

Os motoristas de carros de aplicativos são proibidos de cobrar adicional por ar-condicionado segundo a Secretaria de Defesa do Consumidor.

A definição foi publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira (8). A prática, segundo a pasta, é considerada abusiva.

Carros de aplicativos são proibidos de cobrar por ar-condicionado
Carros de aplicativos são proibidos de cobrar por ar-condicionado – Foto: Reprodução

Leia Também: Caminhão bate e fica sobre mureta na Ponte Rio-Niterói siga nossas Redes Sociais.

A partir de agora, as plataformas precisam informar, de um jeito claro, quanto ao uso ou não do aparelho em todas as categorias disponíveis.

Para evitar desrespeito às regras, a norma determina que os carros que estiverem com o ar-condicionado quebrado saiam da plataforma temporariamente.

“Enquanto não houver a adequação das plataformas de serviço de transporte de passageiro por aplicativo, quanto a clareza das informações sobre o uso ou não do ar-condicionado em todas as categorias dos serviços disponíveis, todos os veículos prestadores de serviço deverão circular com ar-condicionado ligado, sem cobrança de valores extras diretamente ao consumidor, independentemente da categoria do serviço contratado”, diz um trecho da resolução.

Diversos passageiros reclamaram da prática.

“Eu perguntei sobre o ar condicionado e ele falou que não estavam ligando por causa da questão do valor do combustível”, afirmou Valeska Webster.

“Quando a gente tenta dar um toque fechando a janela pra ver se vai ligar. Mas eles falam ‘se quiser ligar, vocês têm que pegar a categoria mais elevada”, disse a administradora Joice Bonfim.

Uma motorista argumenta: “A gente não está fazendo de má vontade. A gente só não está recebendo aquilo que a gente deveria receber.”

Alguns passageiros entendem as reclamações dos motoristas, sobre o preço do combustível aumentar por causa do ar-condicionado. No entanto, eles também não acham justo passar calor.

“O Rio de Janeiro é muito quente e a pessoa fica apertada, fica com falta de ar. Ainda mais com criança pequena também, né. Complicado”, pontuou Rafael Pardal, produtor de merchandising.

A prefeitura afirmou que o Aplicativo Táxi Rio tem a determinação de deixar o ar-condicionado ligado nos táxis, cabendo ao passageiro a decisão de desligá-lo ou não.

Crédito: g1

Veja também

Maricá subiu nove posições no ranking que mede a qualidade das informações fiscais e contábeis enviadas ao Tesouro
às
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, inaugurou uma nova unidade da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), em Rio Bonito
às
A prefeitura de Rio Bonito inaugurou nessa terça-feira (18), os dois Laboratórios de Iniciação Científica “Intramuros”
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] de assalto em dunas no Ceará 2023 foi o ano mais quente já registrado nos últimos Carros de aplicativos são proibidos de cobrar por ar-condicionado Mulher é presa por abandonar filha alcoolizada em motel Surfistas encontram corpo […]

Últimas Notícias