Ex-presidentes do Detran-RJ são alvos de operação da Polícia Civil

às

Os ex-presidentes do Detran-RJ, o deputado federal eleito e ex-prefeito de Três Rios, Vinícius Farah (MDB-RJ) e Leonardo Jacob, são alvos de uma operação que está sendo realizada nesta quarta-feira (30) pela Polícia Civil, a Operação Barão de Entre-Rios. Agentes buscam cumprir 18 mandados de busca e apreensão e dez de bloqueios de contas bancárias no Rio de Janeiro e em Três Rios. Os dois são suspeitos por lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito.

Vinícius Farah foi presidente do Detran entre 2017 e 2018, quando deixou o cargo para disputar as eleições de 2018. Leonardo Jacob o substituiu até ser preso na Operação Furna da Onça, em novembro do ano passado. Farah também chegou a ser preso pela mesma operação. Policiais estiveram em imóveis no Leblon, no Rio de Janeiro, e em Três Rios.

Além deles, também estão sendo investigados a mulher e a filha de Farah, Sonia e Eunice Farah; Celso Jacob Filho, secretário de Esporte e Lazer de Três Rios; Fernanda Curdi, ex-chefe do setor de licitação do município e chefe do setor de compras do Detran-RJ e Leonardo Rezende, que foi preso por porte ilegal de armas.

A investigação durou nove meses e aponta Farah como proprietário de empresas que eram comandadas por laranjas. O valor declarado para abertura de algumas das propriedades não era compatível com o valor real necessário, que não batem com o patrimônio declarado pelo deputado federal eleito durante a campanha eleitoral. Farah é proprietário de uma boate em Três Rios, que teria em sociedade com Celso Jacob Filho e Leonardo Jacob. A suspeita da polícia é que o estabelecimento é utilizado para lavagem de dinheiro.

Veja também

A futura horta comunitária é fruto do trabalho dos Jovens Agricultores Orgânicos e dos Paisagistas Mirins da Fundação Municipal Casimiro
às
Como parte da comemoração pelos 210 anos do município de Maricá, a Esquadrilha Céu fará acrobacias e desenhos com fumaça
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias