Justiça solta jovem preso acusado por morte de estudante que defendeu a mãe de assalto

às

A Polícia Civil determinou na madrugada de hoje (24) a soltura do eletricista Leonardo Nascimento dos Santos, de 27 anos, que foi preso por engano acusado de assassinar o estudante Matheus Lessa, de 22, na última terça-feira (15). A família de Leonardo conseguiu provar que o rapaz estava em casa no momento do crime, porém, a Justiça o liberou após prender outro homem, que confessou o crime. Leonardo estava preso há uma semana e havia sido reconhecido por quatro testemunhas.

A defesa do rapaz conseguiu provar sua inocência através de câmeras de segurança, que mostram ele retornando de um condomínio onde costuma jogar futebol e chegando em casa antes do horário em que o homicídio ocorreu. O suspeito do crime, Yuri Gladstone Guimarães, foi preso em um apartamento em Campo Grande após uma denúncia anônima. Ele ainda teria confessado o crime, e delatado o comparsa, identificado como Adelito Santana de Oliveira, que teve prisão decretada.

O caso

O jovem Matheus Lessa, de 22 anos, foi morto na última semana após tentar defender a mãe de um assalto, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. A mãe do rapaz, que era estudante de Psicologia, era dona de um mercado, alvo dos assaltantes. Eles já haviam pego o dinheiro do caixa mas ameaçaram a mulher, o que motivou Matheus a intervir. Ele acabou baleado e morreu na hora.

 

Veja também

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, abriu nesta segunda-feira (04/03) o segundo polo de atendimentos à dengue
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias