Onda de calor no RJ aumenta temperatura até 10 de maio; capital chega a 37 graus nesta semana

É outono, embora possa parecer que o verão decidiu se prolongar no estado do Rio de Janeiro com Onda de calor.
às
calor
Foto: Fabiano Rocha/Agência O Globo/Arquivo

É outono, embora possa parecer que o verão decidiu se prolongar no estado do Rio de Janeiro com Onda de calor. Sol forte, nem sinal de chuva e termômetros nas alturas mudam a cara da estação, que tem como características dias mais curtos e menos incidência de raios solares. O panorama bem diferente do esperado ocorre como efeito da onda de calor, formada na região central do país e que se deslocou em direção ao Rio, atingindo os municípios fluminenses no sábado. De hoje até sábado, a previsão é de máxima na casa dos 30 graus, podendo marcar até 37 graus, segundo previsão da Climatempo. O fenômeno deve se estender até 10 de maio.

Calorão fora de época: Onda de calor chega ao Estado do Rio, e Niterói registra maior temperatura máxima do país: 38,8 graus
Show da Madonna: rainha do pop chega ao Rio para apresentação na Praia de Copacabana no sábado
Neste domingo, o estado do Rio de Janeiro teve sete regiões entre as mais quentes do Brasil, com registros acima de 37 graus. O destaque ficou com Niterói, com máxima de 38,8 graus, a maior do país.

O meteorologista da Climatempo Guilherme Alves destaca que a partir de sábado já havia uma configuração de onda de calor no Rio, e com tendência de ganhar força nos próximos dias, com mais calor. Para ser caracterizado como onda de calor — expressão que se popularizou no ano passado após nove ocorrências do fenômeno —, é preciso ficar pelo menos cinco graus acima da média por um período de cinco dias ou mais, o que vai acontecer no estado.

Vista para o mar, armadura medieval e tapete persa: veja fotos do apartamento da socialite Regina Gonçalves no Chopin
Esta segunda-feira deve ser o dia com temperaturas mais amenas na capital, embora com previsão de registrar máxima de 32 graus. Ao longo da semana, os termômetros sobem gradualmente na cidade, chegando a 37 graus na quinta e na sexta-feira. No sábado, dia do show da Madonna na Praia de Copacabana, não terá refresco, podendo chegar a 36 graus.

— Até o dia 10 de maio, a tendência é de muito calor e pouca chuva. Se tiver, só na sexta-feira, na faixa mais sul do estado, e nada significativo, sem força para chegar. Vai ser uma semana de muito calor, sol predominando, temperaturas em alta e umidade relativa do ar baixa — diz Guilherme Alves.

Embora perdendo força, o El Niño segue atuante. O que chama a atenção e acende um alerta é a previsão de máxima, que pode ficar até 10 graus acima da média para a estação.

— A característica é de onda de calor de verão. Isso, em pleno outono, é fora do comum. A estação tem menor incidência de raio solar, dias mais curtos, esse é o normal, e não tem acontecido. No Rio, neste período, a temperatura máxima é em torno de 27 graus. No mês de maio é 26,4 graus na média, e já estamos vendo 7, 8, 9 e até 10 graus acima disso — diz o meteorologista.

Fonte: oglobo.globo.com

Veja também: Casas Bahia anuncia plano de recuperação extrajudicial, com dívida estimada em R$ 4,1 bilhões e nos acompanhe nas redes sociais.

Veja também

a inauguração da nova sede da Secretaria de Políticas e Defesa dos Direitos das Mulheres,nesta segunda-feira (17/06)
às
Velocidade, adrenalina e diversão em família. Foi realizada, neste fim de semana, a segunda edição do Encontro Off Road em Itaboraí
às
Rio Bonito sediou nos últimos dias 14, 15 e 16 a Taça Brasil de 2024, competição internacional de ciclismo que reuniu 130 atletas
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias