Tempestade de areia atinge Manaus e preocupa moradores

No domingo (5), a cidade de Manaus foi coberta por uma tempestade de areia, provocada pela seca que se prolonga na região e pelas queimadas recorrentes
às
areia
FOTO: REPRODUÇÃO TWITTER

No último domingo (5), a cidade de Manaus foi coberta por uma tempestade de areia, que prejudicou a visibilidade na área urbana e causou preocupação entre os moradores. O fenômeno, que viralizou nas redes sociais, é consequência da estiagem severa que afeta a região, da fumaça das queimadas recentes e da ventania registrada.

Segundo nota da MetSul, imagens de satélite registram um aglomerado de nuvens de grande desenvolvimento vertical que, muito provavelmente, foram responsáveis por provocar a tempestade de areia em Manaus.

“As rajadas de vento geradas pela tempestade, formada pelo calor e pela umidade, provocaram o levantamento da poeira e da terra mais arenosa devido ao solo mais ressecado. Como resultado, uma gigantesca nuvem de poeira se formou na cidade”, acrescenta a empresa de meteorologia.

O que aconteceu em Manaus?
Conforme apontam os dados do Aeroporto Internacional de Manaus — Eduardo Gomes, a ocorrência de elevados níveis de fumaça era observada desde a noite de sábado (4) na capital do Amazonas. Isso já contribuia com a baixa visibilidade, antes mesmo da tempestade de areia.

Só que, na tarde de domingo, entre 15h09 e 15h19, o boletim meteorológico do aeroporto registrou rajadas de vento ao redor de 70 km/h, levantando a nuvem de poeira — de origem ainda desconhecida. Nesse período, a temperatura despencou em pouco tempo, indo de 34 °C às 15h09 para 25 °C às 15h19.

Seca e queimadas na região
No estado do Amazonas, o mês passado foi o outubro com o maior registro de queimadas desde o início das medições em 1998. Entre outros desdobramentos, os incêndios cobriram Manaus de fumaça por vários dias.

Por lá, o cenário é complexo, sendo que parte dessas queimadas são explicadas pela forte seca que afeta a região. Esta é fruto do aquecimento global e do fenômeno climático natural El Niño. Em paralelo, ainda ocorrem queimadas ilegais, piorando ainda mais a situação.

Tempestade de areia
De forma geral, as tempestades de areia são comuns em regiões com o clima árido, o que definitivamente não é o caso de Manaus — a região é a mesma que preserva a maior floresta tropical do mundo, a Amazônia. No entanto, a seca que se prolonga parece ter contribuído com o evento incomum.

Na história recente, casos atípicos de tempestade de areia foram relatados em outras regiões do Brasil. Em 2021, episódios foram registrados em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Goiás, mas continuam raros. Só que novos dados sugerem que elas devem se tornar cada vez mais comuns.

Crédito: terra.com.br

Veja também

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, abriu nesta segunda-feira (04/03) o segundo polo de atendimentos à dengue
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias