Adolescente diz ter sido estuprada por 2 homens e que abuso foi gravado e compartilhado nas redes pelos agressores

A vítima já estava dormindo na casa de uma amiga, na madrugada de sexta, quando pelo menos 9 rapazes chegaram, a acordaram e a obrigaram a beber.
às
Screenshot_3
Adolescente diz ter sido estuprada em Nova Iguaçu — Foto: Rafael Nascimento/g1

Uma adolescente de 15 anos afirma ter sido estuprada por 2 homens na Baixada Fluminense na última sexta feira (3). Segundo a jovem, o abuso foi gravado e compartilhado nas redes sociais dela sem seu consentimento.

A jovem passou por exame de corpo de delito, que constatou violações.

A vítima disse que foi violentada na casa de uma amiga, em Nova Iguaçu, por conhecidos. Ela já estava dormindo, na madrugada de sexta, quando pelo menos 9 rapazes chegaram e a acordaram.

“Começaram a beber e a fazer desafios. Um deles era ficar com os meninos, e ela disse não. Aí ela ficou muito bêbada, com certeza colocaram algo no copo dela. Eles premeditaram tudo”, afirmou uma das irmãs.

De acordo com a família dela, 2 deles, um de 20 e outro de 22 anos, a estupraram. Nos vídeos, ela aparece desacordada enquanto é violentada. Nas imagens é possível observar que uma criança dorme na cama enquanto a jovem recebe tapas na cara. Outra menina, deitada na cama, assiste a tudo. “Gravou, cara? Depois tu me manda”, disse um dos homens.

“O Instagram dela ficou aberto, e um menino de 17 anos a marcou [nos vídeos] com os outros meninos”, emendou a irmã.

Demora na delegacia

A vítima é a mais nova de 3 irmãs. Uma delas contou a reportagem que só soube que a caçula tinha sido estuprada quando os vídeos apareceram.

“Ligaram para o meu serviço na sexta de manhã pedindo para eu buscá-la. Encontrei com a boca espumando. Eu perguntei se eles tinham usado drogas, mas disseram que não. Foi quando eu recebi uma ligação perguntando se eu já tinha visto os vídeos na internet, eram os vídeos do que fizeram com ela. Foi assim que ela ficou sabendo e disse: ‘Como assim? Eu não lembro de nada disso!’”, narrou.

Ela também afirmou que não conseguiu registrar o caso na polícia no fim de semana.

“A gente foi direto para a delegacia [a 58ª DP, na Posse] no sábado às 20h, e mandaram a gente levar ela para o hospital. Fizemos todos os exames e medicações e voltamos para a delegacia. Mas aí ficamos até 3h [de sábado, 4], e não atenderam a gente, davam prioridade para as viaturas que chegavam da rua.”

“Nisso, por conta dos remédios, a minha irmã começou a sangrar pela vagina e sentir muita dor. O delegado não atendeu a gente e não finalizamos o RO”, relatou.

Dados do Instituto de Segurança Pública mostram que mais de 4 mil estupros foram registrados de janeiro a setembro de 2023 em todo o estado do Rio. A região metropolitana é a área com mais casos, sendo quase 3 mil deles.

A reportagem procurou o delegado Roberto de Souza Cardoso, titular da 58ª DP, para comentar o caso. No entanto, o policial ainda não respondeu.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil também foi procurada. No entanto, até a última atualização desta reportagem não havia se manifestado.

Outra tragédia na família

A irmã acrescentou que esta é mais uma tragédia na família.

“A gente já tinha uma mente transtornada porque nosso irmão morreu tragicamente com 21 anos, e agora mais esse trauma para lidar. Ninguém está conseguindo trabalhar direito, nem sabemos mais o que falar para ela, porque ela está muito mal com isso tudo”, contou.

Crédito: g1

Veja também

Ministério Público do estado, Secretaria de Polícia Civil e Delegacia de Homicídios também foram oficiados
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] também: Adolescente diz ter sido estuprada por 2 homens e que abuso foi gravado e compartilhado nas redes pe… nos acompanhe nas Redes […]

Últimas Notícias