Polícia Civil prende acusado de matar motorista de aplicativo

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) prenderam um homem, neste sábado (11/11), acusado pelo latrocínio de um motorista de aplicativo
às
3
Rafaela Felicciano/Metrópoles

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) prenderam um homem, neste sábado (11/11), acusado pelo latrocínio de um motorista de aplicativo, em Rio das Pedras. O corpo da vítima foi encontrado no dia 1º de novembro, no interior do porta-malas de seu veículo, na Via Light, na altura de Jacarepaguá, também na Zona Oeste do Rio.

De acordo com a investigação, a vítima trabalhava como motorista de aplicativo, tendo saído para trabalhar na manhã do dia 31 de outubro, quando realizou o transporte de um passageiro até a comunidade Rio das Pedras. A vítima, porém, não retornou para casa.

O exame de necropsia do Instituto Médico Legal (IML) apontou a causa da morte como asfixia mecânica por sufocação indireta, devido a restrição ventilatória.

As investigações da DHC identificaram o autor do crime, contra o qual já constava uma anotação criminal por roubo, praticado em 2020. Na delegacia, o jovem confirmou ter sido o autor do crime.

Veja também

Crime ocorreu enquanto a vítima viajava junto com o marido dela pelo continente asiático, segundo a embaixada do Brasil em Nova Déli.
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias