Araruama: Prefeitura inaugura rampa de acesso à cadeirantes na Lagoa

Acessibilidade e inclusão Social. Pensando nesses direitos do cidadão a Prefeitura de Araruama vai inaugurar nesta terça-feira 16 de Março, uma Rampa de Acesso e um Deck para receber os cadeirantes às margens da Lagoa de Araruama, no Centro, na altura da Praça Menino João Hélio. A iniciativa faz parte do projeto “Araruama Igual  Pra Todos”.

A rampa fica ao lado do calçadão da orla, e tem 8 metros de comprimento. Uma estrutura que dá acesso à passarela de madeira do Deck, que, por sua vez, tem 30 metros de comprimento, e conta com iluminação de led e paisagismo.

O cadeirante terá disponível cadeiras anfíbias de rodas flutuantes, especiais para banho.

Para democratizar ainda mais o acesso ao lazer, o município adquiriu 4 dessas cadeiras de rodas flutuantes, que vão ficar à disposição dos moradores cadeirantes e com os cuidados dos profissionais da prefeitura. Elas vão permitir o acesso do cadeirante à praia, facilitar sua locomoção, e ainda propiciar um refrescante banho na Lagoa de Araruama. Os cadeirantes deverão estar com um acompanhante para o banho. Com mais essa iniciativa a Prefeitura reafirma seu compromisso com a acessibilidade e um Turismo Sustentável para todos!

 

 

Fonte: osaogoncalo.com

Prefeitura entrega mais 7 mil mudas de Citros a Agricultores de Araruama

A Agricultura familiar em Araruama vem ganhando fomento e incentivo por parte do poder público municipal. Nessa terça-feira, 09, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Ambiente, Agricultura, Abastecimento e Pesca entregou mais 7 mil mudas de Citros, variedades de laranja, limão e tangerina para 42 pequenos agricultores da Região.

A cerimônia aconteceu no Galpão Agroindustrial, que fica no Distrito de São Vicente, e para evitar aglomeração, foi transmitida ao vivo através do Facebook da Prefeitura.

Os pequenos produtores receberam também um cartão para que a Secretaria de Agricultura possa acompanhar o desenvolvimento dos plantios. A expectativa é de que daqui há 5 anos essas mudas resultem na colheita de 500 toneladas de Citros.
A ação faz parte do Projeto Revita Citros, que tem o objetivo de estimular o cultivo de frutas cítricas no município. Ao todo já foram doadas 24 mil mudas , por meio do projeto, para agricultores da Região.

São estímulos como esse que mantém Araruama como o maior produtor de citros do Estado. Só em 2019 foram produzidas 25 mil toneladas de laranja, 6 mil de limão e quase 3 mil de tangerina.

Vale ressaltar que, além das mudas, os produtores também contam com o acompanhamento e análise de solo feito pela Secretaria de Agricultura e acesso à máquina de separação e limpeza de citros, instalada recentemente no Galpão Agroindustrial, e que eleva a qualidade e o valor das frutas no mercado.

Prefeitura inaugura mais uma Casa Saúde em Araruama

A Prefeitura de Araruama inaugurou a segunda Casa Saúde no bairro Regamé, nesta quinta-feira 4 de Março.

Um projeto que humaniza a Atenção Básica, com foco na prevenção, e o diferencial do atendimento domiciliar pela enfermeira.

Para evitar aglomeração, por causa da pandemia do Coronavírus, a cerimônia foi on-line, transmitida pelo Facebook da Prefeitura.

Pioneiro nesse modelo, o projeto funciona de segunda à sexta-feira. Durante 2 dias da semana a unidade vai oferecer atendimento à mulher, como a coleta do Exame Preventivo, além de toda Saúde Básica , como auxílio pré-natal.

Nos outros 3 dias a enfermeira responsável vai de casa em casa prestar atendimento às famílias do bairro. A profissional é responsável, ainda, por fazer a revalidação de receitas, desafogando o PAM.

A finalidade do programa é humanizar e oferecer condições dignas de Atenção Básica de Saúde à população, além de descentralizar e desafogar o atendimento no PAM, onde deverá sobrar mais vagas para consultas no geral.

Um exemplo: o paciente que antes marcava uma consulta no PAM para revalidar a receita de um medicamento, agora vai buscar esse atendimento na Casa Saúde; ou o paciente que antes precisava se deslocar para realização de curativo, agora receberá o atendimento em casa, no seu bairro, com comodidade.

O projeto, além de ser um diferencial na saúde básica, também gera trabalho e renda; pois a prefeitura aluga a casa da enfermeira, que deverá disponibilizar um espaço para instalação da Casa Saúde e, em contrapartida,  a profissional deverá prestar o serviço de atendimento à saúde da população do bairro.

E outros bairros também serão contemplados. A Prefeitura vai inaugurar novas unidades da Casa Saúde no município de Araruama.

 

 

 

Fonte: osaogoncalo.com.br

 

 

 

Fonte:

 

Prefeitura lança Programa de Refinanciamento de dívidas para contribuintes em Araruama

A Prefeitura de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, lançou nesta quinta-feira (4) o Refis 2021, que é um programa de recuperação fiscal. O objetivo é renegociar dívidas dos contribuintes, tanto pessoas físicas quanto jurídicas, junto ao município.

De acordo com o município, o programa garante desconto em juros e multas em tributos como IPTU, ISSQN, taxas e multas constituídos até o dia 31 de dezembro de 2020, inscritos ou não na Dívida Ativa do Município.

Além dos descontos, o pagamento poderá ser parcelado em até 60 vezes. O município destacou que, para fazer essa renegociação, o contribuinte deve estar com os tributos de 2021 quitados.

O contribuinte tem até o dia 31 de maio para aderir ao Refis. Para isso, deve ir pessoalmente até o departamento da Dívida Ativa do município, que fica na sede da Prefeitura, na Rua John Kennedy, no Centro.

Mais informações sobre o programa podem ser solicitas pelo e-mail dedvapma@gmail.com.

Fonte: g1.globo.com

Recém-nascida precisa de vaga em hospital

A família de uma criança recém-nascida está vivendo momentos de angústia enquanto espera por uma vaga em qualquer hospital que tenha suporte para atender Pérola Vitória Mendonça Barbosa, de apenas um mês e 15 dias de vida.

A bebê deu entrada na UPA de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, na tarde de sexta-feira 26 de Fevereiro com o quadro de bronquiolite e pneumonia, mas até a madrugada desta segunda-feira 1º de Março ainda não havia conseguido transferência para o Hospital Regional de Araruama ou qualquer outra unidade com condições de fazer o atendimento.

O desabafo é de Jovana da Silva Mendonça, mãe de Pérola. Ela está na UPA com a filha. A reportagem, contou que a equipe da unidade disse que foi até onde podia.

“Eles simplesmente falam que estão esperando a vaga e que não podem fazer mais nada, que já solicitaram e tudo mais. Pode ser aqui no Hospital Regional de Araruama, pode ser em Niterói, no Rio”, contou.

A avó paterna da criança, Patrícia Maria da Silva, disseque a bebê foi levada pelo avô materno, primeiramente, até o Hospital Municipal Drª Jaqueline Prates, onde a criança nasceu. Mas a neta logo foi encaminhada pela unidade até a UPA de Araruama, permanecendo no local.

“Atenderam muito bem, colocaram no oxigênio, mas depois falaram que ela não tinha como ficar lá. Ela foi colocada na incubadora e transferida para a UPA. Só que a UPA alega que não tem recursos, equipamentos necessários para mantê-la. Eles estão atendendo ela bem, eles vão e fazem o que podem. Mas ela não consegue ficar cinco minutos sem o oxigênio”, desabafa a avó.

A mãe da criança disse que assim que a filha deu entrada na UPA, a equipe logo falou da falta de estrutura.

“Na sexta-feira mesmo eles falaram ‘por que que trouxeram ela pra cá? Não temos estrutura aqui’. Hoje mesmo a médica falou comigo que esse oxigênio aqui pra ela é muito fraco, tem que ser um outro tipo. Falou que era pra gente ir na Defensoria, correr atrás, o mais rápido possível”, revelou Jovana, que pretende recorrer à Defensoria Pública nesta segunda.

Fonte: g1.globo.com